De virada, o Schalke derrotou o Valencia por 3 a 1, nesta quarta-feira, em Gelsenkirchen, e assegurou vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Farfan, duas vezes, e Gavranovic marcaram os gols dos anfitriões, que arrancaram o empate por 1 a 1 no jogo de ida, na Espanha.

Com a vitória, o time alemão aguarda o sorteio da Uefa, no dia 18, que definirá os confrontos das quartas e das semifinais da principal competição da Europa. Já o Valencia, em terceiro lugar no Campeonato Espanhol, buscará terminar entre os quatro primeiros para garantir a classificação para a próxima Liga.

Jogando em casa, o Schalke levou um susto no início do jogo, quando o português Ricardo Costa cabeceou, de forma desajeitada, para o fundo do gol, aos 17 minutos. O empate dos anfitriões só veio no final da etapa. O peruano Farfan cobrou falta com categoria e deixou tudo igual no placar.

A virada veio logo no início do segundo tempo. Gavranovic aproveitou bate-rebate na pequena área e bateu para o gol. A bola bateu nas duas traves antes de entrar, aos 7 minutos. Depois de sofrer o segundo gol, o Valencia tentou pressionar e até teve boas chances de marcar. Mas o goleiro Neuer, da seleção alemã, fez boas defesas e salvou os donos da casa.

No final, o Schalke, do veterano Raúl, apostou nos contra-ataques e teve duas grandes oportunidades de aumentar a vantagem com Gavranovic, que acertou a trave em duas finalizações perigosas. Nos acréscimos, Farfan levantou a torcida ao escapar pelo meio sem marcação e bater por cobertura, selando a vitória e a vaga do Schalke nas quartas de final.