Barcelona – De volta à Espanha, depois da participação não muito memorável na Copa do Mundo de Clubes da Fifa e na entrega dos prêmios dos melhores jogadores do ano, Ronaldinho Gaúcho aproveitou para dar prosseguimento aos trâmites para obter a cidadania espanhola, na manhã de ontem, num tribunal de Gavá, na região administrativa de Barcelona.

O objetivo da cidadania espanhola é liberar mais uma vaga de estrangeiro para o Barcelona – hoje estão nesta condição ele e o camaronês Eto?o -, o que poderia abrir espaço para a efetivação do mexicano Giovanni dos Santos, de 17 anos, considerado uma das grandes revelações do clube para os próximos anos.

Nos últimos meses, o Barça já foi beneficiado pela concessão da cidadania espanhola ao zagueiro mexicano Rafael Márquez. Segundo a rádio Catalunha, Ronaldinho disse que agora está à espera das definições burocráticas.