O impasse entre Flamengo e Traffic, que atrapalha o pagamento regular dos salários de Ronaldinho Gaúcho, pode tirar o craque da equipe carioca na próxima temporada. Neste domingo, após o empate em 1 a 1 com o Vasco, resultado que levou o Fla à Libertadores do ano que vem, o meia confirmou o interesse em permanecer na Gávea, mas lembrou que a decisão não será tomada só por ele.

“Se dependesse só de mim, eu ficaria. Mas todo mundo sabe que depende de Flamengo e Traffic. Se fosse só eu, encerraria a carreira no Flamengo. Meu coração atualmente é rubro-negro”, comentou Ronaldinho Gaúcho, que era gremista quando criança e começou a carreira na equipe de Porto Alegre.

Ronaldinho sabe que a garantia de que o clube jogará a mais importante competição interclubes das Américas pode ajudar o Flamengo a mantê-lo para 2012 e também a reforçar a equipe para o ano que vem. “Com a classificação para a Libertadores foi importante, porque dá mais fundos para o Flamengo formar um time mais forte para o ano que vem. Não apenas com relação à minha permanência, mas quanto a outros jogadores”, lembrou.