Se nos gramados a situação do Paraná Clube melhorou, fora dele não dá para dizer a mesma coisa. Ontem, devido a salários atrasados de funcionários e jogadores, atletas e comissão técnica não participaram do treino que estava programado para a tarde.

Hoje pela manhã a situação foi normalizada e os jogadores treinaram visando a partida contra o Sport, amanhã, às 21h50, pela Copa do Brasil, na Vila Capanema.

O presidente do clube, Aquilino Romani, disse em entrevista ao blog da jornalista Nadja Mauad que é preciso apoio para tirar o Paraná desta situação. “Estamos acertando a situação de todos, mas dentro das possibilidades. Precisamos de apoio, a situação está difícil. Estamos buscando, procurando de todas as formas, porque se não vamos ter problema o ano inteiro. Precisamos do nosso torcedor nos apoiando”, relatou. Apesar de não confirmado pela diretoria, o valor estimado das dívidas gira em torno de R$ 90 mil.

O cartola aproveitou e disse que o clube já tem três reforços acertados para disputa do Brasileiro da Série B, mas não revelou o nome. Especula-se que dois deles possam ser o volante Ives, do Rio Branco, e o lateral esquerdo Gilson, do Cascavel.