O meia-atacante Robinho afirmou nesta segunda-feira (21) que não disputará os Jogos Olímpicos de Pequim. Com uma lesão no púbis, ele viaja para a Áustria com o Real Madrid, e participará da pré-temporada do clube espanhol.

“Infelizmente não poderei estar com a seleção. O clube acha que é melhor que eu faça uma boa pré-temporada”, disse o jogador antes do embarque para a Áustria.

A lesão no púbis de Robinho foi constatada nesta segunda-feira após a realização de exames no Real Madrid. O clube enviou um fax para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) avisando sobre a situação e pedindo sua desconvocação do atleta.

Robinho sentiu o problema depois de uma sessão de corrida em Santos e pediu socorro ao fisioterapeuta Luiz Alberto Rosan, do São Paulo e da seleção brasileira. O problema com o púbis começou em março, durante um jogo contra a Roma, em Madri, pela Liga dos Campeões da Europa.

Robinho foi um dos três jogadores com mais de 23 anos convocados por Dunga para os Jogos de Pequim. Além dele, foram chamados Ronaldinho Gaúcho, do Milan, e Thiago Silva, do Fluminense. Apesar de não serem obrigados a liberá-los, segundo decisão da Fifa, os clubes permitiram que os jogadores participem da Olimpíada.