O Grêmio enfrenta o líder Fluminense na quinta-feira, no Rio de Janeiro, com os desfalques dos volantes Fábio Rochemback e Adilson, suspensos. E, apesar de não confirmar quem será o substituto, o técnico Renato Gaúcho prometeu mexer o mínimo possível.

Assim, a equipe deve seguir jogando no 4-4-2, com Paulão e Rafael Marques formando a dupla de zaga e Vilson atuando como primeiro volante. Ferdinando é o mais indicado para ficar com a vaga de Rochemback, expulso no clássico com o Internacional – Adilson entrou na sequência e recebeu o terceiro cartão amarelo.

“Não gosto de mexer no que está dando certo. A equipe deverá mudar o mínimo possível taticamente”, garantiu Renato nesta terça-feira, sem confirmar Ferdinando na equipe titular do Grêmio.