Cabeça de chave número 1 do Masters da WTA em função da ausência da norte-americana Serena Williams, a romena Simona Halep se tornou nesta quinta-feira a primeira tenista a ser eliminada da competição, realizada em Cingapura e que reúne as melhoras jogadoras da temporada 2015.

A queda da número 2 do mundo foi sacramentada com a derrota para a polonesa Agnieszka Radwanska, sexta colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/1, em 1 hora e 43 minutos, em confronto válido pela rodada final do Grupo Vermelho. Além disso, o resultado classificou a russa Maria Sharapova para as semifinais da competição.

Após ser finalista na sua primeira aparição no Masters da WTA, no ano passado, Halep agora deixa a competição na fase de grupos e com uma vitória em três duelos. “Eu vou para casa”, disse a romena. “Eu vou para as férias. Está tudo bem. Eu acho que eu tive um ano bom este ano”.

Na partida desta quinta, Radwanska chegou a perder por 3/1 no primeiro set e por 5/1 no tie-break, mas conseguiu a virada para triunfar. O segundo set foi bem mais fácil para a polonesa. Halep salvou um break point no primeiro game para confirmar o seu serviço. Depois, porém, só venceu um ponto nos três games seguintes no seu saque.

Após o jogo, Halep reconheceu que a derrota no primeiro set após ter vantagem confortável determinou a sua derrota. “Não tinha mais energia. Eu estava cansada. Eu senti que perdi a chance de vencer o primeiro set e, provavelmente, perdi a

chance de ganhar o jogo naquele momento”.

A vitória em Cingapura foi a quinta de Radwanska em nove duelos com Halep. Com um triunfo em três duelos na competição, a polonesa agora torce para Sharapova superar a italiana Flavia Pennetta, ainda nesta quinta, em dois sets para se classificar às semifinais do Masters da WTA. “O que eu posso fazer agora é apenas ver e torcer por Maria”, disse Radwanska.