Depois de perder a invencibilidade em casa na última rodada, a Ponte Preta tentará quebrar a invencibilidade do Paraná, cujo desempenho em casa é o segundo melhor da Série B, em aproveitamento de pontos.

Em cinco jogos, o Tricolor venceu quatro e empatou apenas um jogo, o que resulta num rendimento de 86% dos pontos (atrás apenas do ASA, que tem 88%). Para piorar, o clube paranista vem de duas vitórias seguidas.

Para o confronto, o técnico Gilson Kleina não poderá contar com o zagueiro Leandro Silva, que foi expulso contra o Bragantino. Wellington deve assumir a vaga.

O volante Josimar segue no departamento médico. O volante Xaves volta de suspensão e entra no lugar de Dionísio. Kleina amenizou sobre a perda da invencibilidade em casa na última rodada. “Faz parte do futebol. Isso nos obriga a ser ainda mais fortes contra o Paraná, que é um adversário difícil”, afirmou.