Torcedores do Paraná Clube estão limpando as arquibancadas da Vila Capanema desde a última terça-feira (29). A torcida se mobilizou por meio das redes sociais e teve aval do clube para ajudar a deixar o estádio mais limpo e visualmente melhor. Após o término da disputa da Série A, no início de dezembro, o clube não fez a manutenção básica do estádio. No retorno do calendário, pelo Campeonato Paranaense, o que se viu foi um palco sujo e sem perspectiva de melhora a curto prazo. Como a direção está dando prioridade a outros assuntos, como a renovação conquistada do Ato Trabalhista e a tentativa de venda de Jhonny Lucas, os paranistas tomaram uma atitude, levantando ajuda em dinheiro para materiais e mão de obra.

A Tribuna do Paraná conseguiu falar com um dos voluntários: Eduardo Carlos de Assis, 31 anos, metalúrgico. Os grupos são separados por horários e possuem lanches e água para suportar o forte sol da capital nos últimos dias, arrecadados por eles mesmos.

+ Leia mais: Paraná x Athletico contará com duas torcidas

“Vimos no último jogo que precisava de uns retoques. Tivemos a ideia, divulgamos e juntamos os paranistas. Agilizamos em turnos quem podia ir de manhã ou de tarde. É um orgulho pisar na Vila e ajudar de alguma forma”, declarou o torcedor, que trabalha no terceiro turno e pode ajudar.

Foto: Colaboração.
Foto: Colaboração.

De acordo com Assis, os torcedores finalizaram a lavagem dos setores Sociais e Reta do Relógio em dois dias. Nesta quinta-feira (31) deve ser iniciada a limpeza da Curva Norte. A expectativa é de que o visual melhorado esteja finalizado até o clássico contra o Athletico no próximo domingo.

+ Confira os jogos e a classificação do Campeonato Paranaense

“Muitas pessoas ajudaram com dinheiro e muitos com a mão de obra. Arrecadamos um bom valor para comprar materiais, como cloro, mangueiras e extensão. Alugamos máquinas a gasolina de pressão e outras elétricas”, explicou. Na próxima semana, os voluntários pretendem limpar o setor Visitantes e ainda conversam com a cúpula paranista para pintar o estádio por dentro em uma próxima etapa. O valor levantado ainda não foi finalizado, pois as notas fiscais só serão juntadas no término da boa ação da torcida do Paraná.

Essa mobilização não é novidade entre os torcedores do Tricolor. As torcidas Fúria Independente, Paranautas e Dr. Tricolor, em 2013, patrocinaram a camisa do time para ajudar nas finanças. Até vaquinha dentro do estádio já foi feita para ajudar no pagamento de salário. A organizada também repassa royalties de suas vendas de materiais ao clube, além de ter dado um cheque de R$ 200 mil também há seis anos. Por fim, ainda existe a Apaga, associação que promove projetos para financiar demandas pontuais nas necessidades do Paraná.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!