Contando os dias para conquistar o acesso à primeira divisão depois de dez anos seguidos na Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube pode dar mais um passo rumo a esse objetivo hoje, diante do Figueirense, às 19h15, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O time paranista vive seu melhor momento na competição. Soma cinco vitórias seguidas, está na terceira colocação na classificação e com sua vaga dentro do G4 cada vez mais consolidada. Será mais um duelo decisivo e diante de um clube que, apesar de ter tradição na Série A, está lutando contra o rebaixamento à Série C.

Porém, ter um time na parte debaixo da classificação não significa facilidade. O técnico Matheus Costa sabe das dificuldades dessa partida e mesmo em busca da sexta vitória consecutiva e destacou a necessidade de voltar para Curitiba com pontos na bagagem.

“A gente trabalha para vencer. Se a vitória não acontecer, o importante é pontuar. A gente sabe da dificuldade de jogar no Orlando Scarpelli. Estamos trabalhando para somar os três pontos, mas se não der para vencer, estamos bem preparados para pontuar em Florianópolis. Nosso objetivo é de sempre se aproximar dos primeiros colocados e se distanciar do quinto”, afirmou o treinador.

O duelo contra o Figueirense colocará à prova a realidade bem diferente dos dois clubes que, em outros anos, já fizeram grandes confrontos na Série A. Além da diferença na classificação, o time paranista, com um elenco bem mais jovem que o adversário, quer provar que a juventude pode ser mais eficiente do que um elenco recheado de atletas mais experientes.

“É um jogo da experiência que eles têm, teoricamente, sobre a gente. Mas a gente tem a juventude e vamos colocar à prova. O que vai prevalecer, se é a experiência deles ou a vontade dos meninos, que no caso somos nós, não posso dizer, mas espero que prevaleça a nossa juventude”, cravou o meia Renatinho.

Diante da euforia do torcedor paranista com a campanha para colocar 40 mil pessoas na Arena da Baixada, terça-feira, diante do Internacional, há a preocupação com o foco dos jogadores do Paraná. Matheus Costa, no entanto, garantiu que a partida contra o Colorado começará a ser pensada somente a partir de amanhã.

Confira a classificação completa da Série B!

“A nossa cabeça está voltada para o jogo de sexta-feira. Não pode ser diferente. Deixa para o torcedor, que está de parabéns diante da campanha que o clube promoveu. O pensando está todo voltado no Figueirense. É um jogo importante e decisivo para eles também. Estamos pensando exclusivamente nesse jogo. Vamos pensar nesse marketing do jogo do Internacional a partir de sábado”, explicou ele.

Para encarar o Figueirense, o time paranista deve ser o memso que iniciou na vitória por 3×0 sobre o Náutico. A única baixa será o atacante Robson, que tomou o terceiro cartão amarelo contra o Timbu e está suspenso. Com isso, o atacante Vitor Feijão será mantido entre os titulares e formará a dupla de ataque ao lado de Alemão.