Ansiedade e insegurança, especialmente no primeiro tempo, atrapalharam o Paraná na estreia do Campeonato Paranaense, neste domingo (19), em Paranaguá. A avaliação é do técnico Allan Aal, que embora admita a dificuldade da equipe na Estradinha, analisou como positiva a largada sem gols com o Rio Branco. Segundo o treinador, além do peso de disputar a primeira partida na competição, a baixa média de idade do time também explica o comportamento irregular da equipe em campo.

“Gostamos [da partida]. Tivemos um pouco de insegurança, mas por conta da estreia e da média de idade da equipe ser baixa. Mas, no segundo tempo, nós conseguimos criar as melhores chances e poderíamos ter saído com a vitória daqui. Ficamos esperançosos que nossa evolução vai acontecer até mais rápido que a gente espera”, declarou Aal às rádios Banda B e Transamérica.

+ Veja como foi Rio Branco 0 x 0 Paraná Clube

Aal teve em campo um time titular com média de idade de 22,7 anos. Dos atletas que começaram a partida, o mais velho era o zagueiro Fabrício, com 29 anos. Até por isso, o discurso pós-jogo era de compreensão, mesmo que com uma dose de lamentação.

“Saio satisfeito, mas também frustrado, porque poderíamos ter vencido. Tivemos as melhores chances do segundo tempo, mas, ao mesmo tempo, sabíamos da qualidade do adversário, que estava treinando desde novembro e vem se reestruturando. Ficamos frustrados por não termos conseguido os três pontos, mas valorizamos esse ponto”, continuou o treinador.

+ Confira a classificação atualizada do Paranaense 2020

O Tricolor teve duas grandes chances com o atacante Rafael Furtado na pequena área. Na primeira, a bola ia chegando limpa para o atacante, mas Luis Roberto salvou na hora do chute. Na segunda, o camisa 9 chutou e o goleiro Dalton salvou com os pés.

O próximo jogo do Paraná será contra o Cascavel CR na quinta-feira (23), às 19h30, no Estádio Olímpico Regional, em Cascavel.

+ do Paraná:

+ Paraná fica no empate com o Rio Branco na estreia do Estadual

+ Tudo sobre os 12 times que disputam o Paranaense 2020

+ Goleiro Thiago Rodrigues entra na Justiça contra o Paraná Clube