Alvo de críticas por parte da torcida, o setor ofensivo do Paraná tem atingido números maiores quando comparados aos da campanha de 2019. Enquanto na Série B 2020 já foram 23 gols marcados em 20 jogos, média de 1,15 por jogo, no mesmo período do ano passado, o time havia assinalado apenas 16 tentos. Maiores goleadores da equipe na disputa deste ano são Bruno Gomes, com seis gols, e Renan Bressan, com três.

Oscilando na Segundona, o Tricolor chegou a ficar quatro jogos consecutivos sem balançar a rede adversária (13ª a 16ª rodada), porém, soma números positivos no quesito gols prós. A marca de 23 gols é maior que a do líder da competição, a Chapecoense, que tem 22. O Paraná é o atual sétimo colocado com 29 pontos.

Pontaria reforçada

Os jogos em que mais vezes o time paranista balançou a rede foi na vitória por 3 a 1 em cima do Juventude, na terceira rodada, o empate em 3 a 3 com o Cuiabá, na 17ª, e na goleada de 4 a 0 em cima do Oeste, na 18ª.

>> Tabela e classificação da Série B

O fator casa tem contribuído. Foram 14 gols marcados na Vila Capanema e outros nove como visitante. Além do atacante Bruno Gomes e do meia Renan Bressan, também mandaram a bola para o fundo da meta Andrey, duas vezes, Fabrício, Léo Castro, Paulo Henrique, Salazar, Jean Victor, Guilherme Biteco, Higor Meritão, Gustavo Mosquito e Jhony Douglas, todos uma vez.

Bruno Gomes é o artilheiro do Tricolor na Série B. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna.

Números superam 2019

Em 2019, ao término da 20ª rodada da Série B, o Paraná era o nono colocado com 29 pontos somados e 16 gols. No final da disputa, os artilheiros do time foram Jenison, com nove gols, João Pedro, com quatro, Bruno Rodrigues e Fernando Neto com três, Guilherme Santos e Matheus Anjos com dois. O total foi de 34 gols marcados, ou seja, uma média de 0,89 por partida.

No ano passado, em apenas dois jogos o Tricolor marcou três gols, o máximo em uma partida: na vitória por 3 a 2 em cima do Coritiba na sétima rodada e no 3 a 3 com o Botafogo-SP na última.

Jenison foi o artilheiro do Paraná na Segundona do ano passado. Foto: Arquivo/Tribuna.

Em 2020, para atingir a marca total da campanha anterior, com 34 gols, time precisa assinalar apenas mais 11 vezes nos 18 jogos restantes.

+ Mais do Tricolor:

+ CBF muda calendário de 2021 e Copa do Brasil terá novo formato
+ Sem Fabrício, Paraná vê desempenho despencar na Série B
+ Confira as situações dos contratos dos jogadores do Paraná


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?