Vinícius Júnior no Real Madrid. Keno no futebol egípcio. Abel Braga fora do Fluminense. Fernando Diniz demitido no Atlético. Os clubes do Brasileirão estão passando por uma verdadeira reformulação. Com isso, a expectativa é que as coisas sejam diferentes após a parada para a Copa do Mundo. Isso é o que espera também o Paraná Clube.

Para o zagueiro Rayan, essa será a oportunidade para o Tricolor crescer na competição. Atualmente, o Paraná está na 18ª colocação. “A pausa foi boa para descansar, rever a família e recarregar as energias. Nós tínhamos uma meta de ir para as férias com, pelo menos, dez pontos. Nós conseguimos isso e tivemos uma folga mais tranquila. A gente sabe que os outros times estão tendo algumas baixas e nós podemos aproveitar essa situação. Nós teremos alguns amistosos para se preparar bem”, frisou o defensor.

Rayan saiu na frente na disputa pela titularidade e formou a dupla de zaga com Cléber Reis neste início da intertemporada. O bom desempenho nos amistosos preparatórios podem fazer a diferença na volta do Brasileirão. O retorno acontece no dia 18 de julho (quarta-feira), contra o Vitória, no Barradão.

“Estamos perto ainda do grupo da frente e não podemos nos distanciar. Contra o Vitória é jogo de seis pontos, o jogo é lá, mas temos que jogar com inteligência. Se der pra ganhar, vamos ganhar. Só não podemos perder, pois temos que somar pontos, ainda mais contra um time que está brigando conosco lá atrás”, ressaltou.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

Para a volta do Brasileirão, o Paraná contratou mais dois jogadores: o meia-atacante Rodolfo e o meio-campo Nadson. O primeiro já treinou entre os titulares e pode pintar na equipe principal frente ao Vitória.