O Paraná Clube foi derrotado no seu retorno à Série A do Campeonato Brasileiro. Com uma atuação com pouca inspiração ofensiva, o time paranista foi presa fácil para o time misto do São Paulo, perdeu por 1×0, na noite desta segunda-feira (16), no Morumbi, e entrou para o grupo dos times que não pontuaram na primeira rodada da competição nacional. O Tricolor agora tem outra parada difícil pela frente nestedomingo (22), às 11h, na Vila Capanema, quando terá pela frente o Corinthians.

Somente o São Paulo jogou no primeiro tempo. O Paraná, no seu retorno à Série A e mesmo diante de um adversário com um time misto, apostou em uma postura mais defensiva. O Tricolor, então, praticamente não passou do meio de campo e não impôs nenhuma dificuldade ao tricolor paulista. A primeira chance dos donos da casa veio aos 5 minutos. Depois da cobrança de escanteio, a defesa paranista falhou e Brenner perdeu livre no segundo pau.

Confira a tabela da Série A!

Com dificuldade para sair jogando diante da marcação sob pressão do São Paulo, o Paraná, dentro da sua proposta, conseguia impedir as investidas da equipe paulista. Mas o Tricolor aguentou até onde deu. Mais organizado e com mais movimentação ofensiva, o tricolor paulista aumentou a pressão nos 15 minutos finais de jogo. Aos 33, Lucas Fernandes tabelou com Cueva, chutou forte e o goleiro Richard fez boa defesa.
O São Paulo, de tanto insistir, conseguiu o primeiro gol aos 36 minutos. Em cobrança de falta de Cueva, Bruno Alves subiu livre e cabeceou sem chances para Richard. Mesmo em vantagem, o time paulista seguiu mandando no jogo e encurralando o Paraná no seu campo. O segundo gol quase saiu já nos minutos finais. Depois da cobrança de escanteio, Mansur foi tirar e quase marcou contra.

Em desvantagem, o Paraná voltou do intervalo com uma postura um pouco mais ofensiva. Mas nada muito impactante e que levasse perigo real de gol à meta do goleiro Sidão. A melhor chance do Tricolor veio aos 3 minutos com Silvinho, que passou por Militão e, dentro da área, bateu cruzado e o goleiro são-paulino fez a defesa sem sustos.

Veja como foi o jogo entre São Paulo e Paraná Clube

A postura mais ofensiva do Paraná fez o São Paulo perder o controle do jogo que teve no primeiro tempo. Vendo isso, o técnico Rogério Micale apostou nas entradas de Léo Itaperuna e Thiago Santos nas vagas de Diego Gonçalves e Leandro Vilela. O time paranista, no entanto, não tinha competência e criatividade para conseguir furar a defesa do adversário.

Mais ofensivo, o Paraná automaticamente ficou mais exposto aos contra-ataques do São Paulo. O tricolor paulista, então, teve a chance de liquidar o jogo aos 28 minutos. Depois da boa jogada pela esquerda de Marcos Guilherme, Valdivía recebeu livre, mas bateu em cima do zagueiro Jesiel.

O Paraná, nos minutos finais, aumentou a pressão em busca do empate. O time paranista chegou a encurralar o São Paulo no seu campo, mas não tinha organização para criar as chances de conseguir a igualdade. O tricolor paulista tinha os contra-ataques a sua disposição e, aos 38, Nenê quase marcou. Na sequência, Marcos Guilherme recebeu na cara do gol e o goleiro Richard fez grande defesa. A equipe do técnico Rogério Micale, apesar de ter mais posse de bola, não evitou a derrota na estreia do Brasileirão.

CAMPEONATO BRASILEIRO
1ª Rodada – 1º Turno

São Paulo 1×0 Paraná

Local: Morumbi – São Paulo
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Gols: Bruno Alves, 36 do 1º
Cartões amarelos: Regis, Sidão, Junior Tavares (SÃO); Leandro Vilela, Thiago Santos (PAR)
Público total: 11.327
Renda: R$ 338.295,00

São Paulo
Sidão; Militão, Rodrigo Caio e Bruno Alves; Hudson, Jucilei, Régis e Cueva (Nenê); Lucas Fernandes (Valdívia), Marcos Guilherme e Brenner (Junior Tavares).
Técnico: Diego Aguirre

Paraná
Richard; Alemão, Jesiel, Rayan e Mansur (Marcelo Baéz); Leandro Vilela (Thiago Santos), Wesley Dias, Caio Henrique e Carlos Eduardo; Silvinho e Diego Gonçalves (Léo Itaperuna).
Técnico: Rogério Micale