enkontra.com
Fechar busca

Paraná Clube

Paraná Clube

Paraná Clube

Novo time

Paraná Clube começa a ganhar a cara de Matheus Costa

Tricolor realizou dois jogos-treino nos últimos dias e o treinador dá pistas de que pode fazer algumas mudanças

  • Por Diogo Souza
Foto: Albari Rosa

Com pouco mais de duas semanas no comando do Paraná Clube, o técnico Matheus Costa já começa a dar a sua cara à equipe paranista. No entanto, o torcedor que acompanhar a estreia do Tricolor na Série B do Campeonato Brasileiro diante do Vila Nova, no próximo sábado (27), em Goiânia, não deve ver um time completamente diferente do que vinha observando com Dado Cavalcanti nas disputas do Campeonato Paranaense e Copa do Brasil. A base montada pelo novo treinador nas disputas dos jogos-treino contra Operário e Joinville nos últimos dias pouco mudou.

Foram apenas três novidades entre os titulares. No setor defensivo, o destaque fica pelo retorno do zagueiro Rodolfo. Um dos poucos atletas que se destacaram nos primeiros meses do ano, o defensor acabou perdendo a vaga na equipe principal com o técnico Dado Cavalcanti. O jogador acabou sendo preterido, enquanto Eduardo Bauermann voltou a atuar. Desta vez, sob o comando de Costa, a tendência é que os dois atletas atuem juntos, com Leandro Almeida ficando no banco de reservas. Além deles, o Tricolor conta ainda com Fernando Timbó e Matheus Lopes para o setor defensivo. O último, aliás, sequer entrou em campo na temporada, já que vinha se recuperando de uma lesão no pé.

+ Leia mais: Paraná Clube “rebaixa” dupla para as categorias de base

O restante da defesa deverá ser o mesmo que vinha atuando nos jogos do Estadual, com o goleiro Thiago Rodrigues e os laterais Éder Sciola e Guilherme Santos fechando o setor. Na contenção, outra novidade é o retorno de Luiz Otávio. O jovem, que largou como titular no início do ano, acabou perdendo a vaga para Jeferson Lima na reta final do Paranaense. Entretanto, por já ter trabalhado com Matheus Costa na campanha do acesso em 2017, o volante deve ser o cão de guarda paranista na Segundona. A meia cancha ainda deve contar com o experiente Itaqui e o armador Alesson.

Uma das boas peças contratadas pelo Paraná em 2018, o volante Fernando Neto deve ficar como opção no banco de reservas, assim como o meio-campista Higor Leite. No ataque, o treinador pode promover a estreia do atacante Ramon. Após ter feito um bom Paulistão pelo Ituano, o jogador foi contratado por conta de sua experiência na disputa da Série B. O atleta já defendeu clubes como Vila Nova, Juventude, Ponte Preta e Brasil de Pelotas. Com a sua chegada, o jovem Andrey acaba perdendo espaço. Ao seu lado, Ramon deve ter as companhias de Caio Rangel e o artilheiro Jenison.

+ Leia também: Paraná fica apenas no empate em jogo-treino com o Joinville

Outra contratação feita pela diretoria paranista neste período sem jogos foi o atacante Marlyson, que chegou por empréstimo da Ponte Preta. O centroavante chegou para disputar posição com Jenison. Mas, neste primeiro momento, ele também deve ficar como opção no banco de reservas. A expectativa é que novos atletas desembarquem na Vila Capanema nesta semana, principalmente, por conta do término dos estaduais. Uma parceria com o Athletico pode render alguns reforços. O meio-campista João Pedro é um dos mais aguardados pela torcida paranista, já que o meia foi destaque na campanha do acesso. Além dele, outros atletas do Furacão que podem pintar no Ninho da Gralha são o lateral-esquerdo Vitinho, o meia Matheus Anjos e o atacante Demethryus.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

27 Comentários em "Paraná Clube começa a ganhar a cara de Matheus Costa"


Tom Redblack
Tom Redblack
2 meses 27 dias atrás

No título começa a ter a cara de Matheus costa, cara de série C HAHAHAHAHAHAHAHA

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

Risadas nervosas como as das hienas africanas.

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
2 meses 27 dias atrás

o time que subiu era um catadão de emprestados, e mesmo que aquele time de 2017 tivesse participado da série A teria caído, talvez não tão humilhado e esculachado mas também era fraco

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

Que bao que voce ta’ preocupado com a gente desde ja’, que o ano mal começou… Digue, teu time ta’ sem calendario, nao tem jogado, nao vai jogar ? Ou voce nao tem.o que fazer ou o que e’ mais provavel, e’ apenas pau mandado. Tomara que pelo menos remunerado…
BOCAETERNAMENTE.

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
2 meses 27 dias atrás

eeeee vovô soares, vai tomar o remedinho para ansiedade, o boca não existe mais, foi um clube da época amadora de nosso futebol, desapegue, e como já te disse, essa é a parte do jornal que um camarada aí batizou de tricoladas

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

So’ por essa a partir de agora teu apelido passa a ser “Sabe nada”. O Clube Atletico Ferroviario, aquele da ligomarca com uma bola escrito CAF em cima e o nome do clube por extenso no escudo (ja’ viu algo parecido por ai ?)…

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

Ok, logomarca

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

o Boca-negra, aquele sempre com atletas no elenco e que fizeram nossa historia sem qualquer sentimento preconceituoso que nos legasse apelido que se contrapuzesse ao nosso…

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

muitos atletas afrodescendentes desde o inicio, mesmo antes que descobrissem o politicamente correto e ”se mancassem”, enfim,

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

esse popularissimo clube que acabou granjeando poderosos inimigos, no começo velados, depois quase expostos, mas sempre atuando nos bastidores,

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

o Colorado, o Tricolor da Vila, a Alegria do Povo, o Time da Rede, enfim, o BOCA-NEGRA,

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

se notabilizou localmente pela organizaçao, apoio a esportes amadores (tinha futsal, basquete feminino, incentivava ciclismo, nataçao, etc.),

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

e foi pioneiro aqui pela implantaçao.de um Departamento Medico com profissionais da area e massagistas.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

Amadores proximos se assustavam com o que viam e ai começaram uma movimentaçao agora historica pela nossa destruiçao. Mas temos raizes tao fortes e apesar da assustadora e avassaladora incompetencia em marketing do clube atual e que recebeu de graça toda uma enorme riqueza cultural

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

nos nao sumimos. Estamos presentes por todos os cantos da cidade e do estado, legamos descendencia ao sacaneado mas bravo Colorado e a esse Parana’ Clube, que teima em ignorar o que tem de mais representativo de suas origens Boca-negras.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

Exemplo de um desses representantes surgiu dia desses na midia no jogo do Pinhao, o velhinho de cabelos brancos que se declarou , sim, oriundo do Ferroviario, material que na verdade poderia ter sido mais explorado,

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

mas no fundo nem o Parana’ Clube sabe de sua historia e entao nem sabe o que perguntar, quando tem atras de si uma historia riquissima,

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

feita com atletas negros e brancos, futebol na origem de tudo, participaçao importantissima na implantaçao de otimas escolas de samba na Capital, que teve Carnaval por algumas decadas graças a movimentaçao em Vila Capanema

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

e Vila Tassi sob a batuta de Ismael Cordeiro, o Mae’ da Cuica, Cidadao Honorario de Curitiba, paranista que nao perdia jogos do Parana’ Clube ali na Reta do Relogio e que jogou

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

e que jogou naquele time BOCA-NEGRA , Campeao do Centenario em uma tarde chuvosa de Novembro de 1.953, a historica Vila Capanema lotada,

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

de virada, contra a Cambaraense (que como o Boca, passara por todos os demais participantes de sua Chave , a Norte

Ricardo Soares
Ricardo Soares
2 meses 27 dias atrás

dois gols do Nego Izauldo, centroavante de boa estatura, idolo da epoca, o do titulo no gol que era tido como o “dos fundos”, onde hoje se acomoda nossa geraçao atual, a Furia. Da qual no inicio cheguei a ver na Vila com camisas brancas com a inserçao “Furia Boca-negra”. E no mais, caju’ proce .

Rodrigo 1981
Rodrigo 1981
2 meses 27 dias atrás

Falou o cara do time prestes a ser rebaixado pra série C, cujas matérias do time dele, cada vez mais escassas e sempre negativas, vive escrevendo bobagens e asneiras nas matérias do CAP! Essas sim, sobre Libertadores, Sula, títulos, enfim…

Rodrigo 1981
Rodrigo 1981
2 meses 27 dias atrás

Preocupados com paranada?!? … é sério isso?!?! KKKkkkkK
Teu clubinho já virou piada pronta!!! KKKkkkkK …e vc TB!

REINALDO  .
REINALDO .
2 meses 27 dias atrás

Se na época da subida para série “A” tivessem mantido este técnico, o Paraná Clube não teria caido, pois conhecia todo elenco. Agora ele novamente para nossa alegria

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
2 meses 27 dias atrás

o cara assume a vaga de treineiro, e vai colocar o mesmo time que todos sabemos ser medíocre para jogar um campeonato muito mais difícil que o estadual, depois de dar errado o mesmo discurso do Micale, “sabemos da dificuldade financeira do clube e blá blá blá” , o parná corre sério risco de ZR

Raul Mattos
Raul Mattos
2 meses 27 dias atrás

Que time fraco e ruim. O Eduardo bauermam não sabe dar um passe de 3 metros, o Luis Otávio adora fazer falta perto da área, temos um ataque cardíaco, peças ridículas no banco e o melhor que é o fernando Neto é reserva. Há algo errado.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas