Foto: Valquir Aureliano/O Estado
Gérson vem treinando bem e hoje estréia com a camisa tricolor.

Sem três titulares, mas com igual número de estreantes, o Paraná Clube faz hoje o seu primeiro jogo em casa no Brasileirão-06.

Frente ao Botafogo às 18h10, no Pinheirão o tricolor corre atrás da vitória para garantir reabilitação e tranqüilidade no processo de reformulação do elenco após a conquista do estadual. O técnico Caio Júnior, sem mexer na estrutura tática, tenta adaptar o quanto antes os reforços contratados para a seqüência da temporada.

Um desfalque de última hora acabou roubando a cena na véspera do jogo. O goleiro Flávio chegou a participar do "rachão" de ontem pela manhã, mas disse ainda não estar plenamente confiante para voltar à meta tricolor. Mesmo liberado pelo departamento médico ele ficou sob tratamento por dez dias devido a uma torção no punho esquerdo , o Pantera confirmou ter receio de executar alguns movimentos e preferiu dar um tempo para o pleno restabelecimento. "Seria forçar a barra e só estaria atrapalhando o grupo", disse Flávio.

Assim, Marcos Leandro está mantido no time. "Trabalhei forte durante toda a semana e estou pronto", disse o goleiro. "A comissão técnica vem me dando todo o apoio e essa confiança do Caio Júnior só me dá tranqüilidade", comentou. Marcos Leandro foi muito elogiado por sua atuação em Caxias do Sul, apesar da derrota (1×0). O treinador elogiou a postura de Flávio. "Ele foi coerente. É melhor que volte 100%", disse. O Pantera é o terceiro desfalque do time para o jogo desta noite. O atacante Leonardo e o meia Maicosuel, vetados pelos médicos também não enfrentam o Botafogo.

Em contrapartida, Caio Júnior lança três, dos sete contratados para este Brasileiro. Outros três ficarão no banco de reservas. "É importante integrá-los o quanto antes, pois o campeonato é longo e é preciso ter um elenco de qualidade", comentou o técnico paranista. Edmilson entra na zaga e Gérson e Cristiano formarão o "novo" setor ofensivo do time. "Foi uma semana muito boa e estou feliz com a oportunidade", disse Gérson, que foi destaque nos treinamentos. Contratado junto ao Mogi-Mirim, Gérson terá a missão de substituir Maicosuel, um dos destaques do time.

"Sou um meia-armador, mas chego com facilidade à frente. Nesse jogo, vamos procurar suprir a ausência de um atacante de área", disse Gérson. A estratégia de Caio Júnior é apostar na constante movimentação de Gérson, Sandro e Cristiano como forma de envolver a zaga botafoguense. "É preciso ocupar espaços, sempre com um deles na área adversária", disse. "Quero atitude do time, jogando com raça para trazer o torcedor para o nosso lado", finalizou Caio Júnior.

Botafogo

Depois de estrear com vitória no campeonato brasileiro, o Botafogo quer repetir o triunfo, desta vez, contra o Paraná. E, para conseguir o feito, o técnico do alvinegro, Carlos Roberto, ensaiou durante a semana várias jogadas de bola parada, além de ter feito um trabalho psicológico no grupo.

A novidade no Botafogo será a estréia na lateral-direita do volante Marcelo Uberaba no lugar de Rui, suspenso. O jogador, contratado ao Americano, foi improvisado na posição e foi  escolhido pelo treinador, por causa de sua boa adaptação durante a semana.

CAMPEONATO BRASILEIRO

2ª RODADA

PARANÁ CLUBE x BOTAFOGO

PARANÁ: Marcos Leandro; Gustavo, Émerson e Edmilson; Goiano, Rafael Muçamba, Beto, Sandro, Gérson e Edinho; Cristiano. Técnico: Caio Júnior.

BOTAFOGO: Lopes; Marcelo Uberaba, Rafael Marques, Scheidt e Bill; Thiago Xavier, Ataliba, Diguinho, Zé Roberto; Reinaldo e Dodô. Técnico: Carlos Roberto.

SÚMULA

Local: Pinheirão (Curitiba).

Horário: 18h10.

Árbitro: Cléber Welington Abade (SP).

Assistentes: Ana Paula da Silva Oliveira (FIFA-SP) e Gilberto Corrale (SP).