O volante Washington assinou contrato por empréstimo com o Palmeiras até o fim do ano. O acordo foi selado na tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol, onde o novo reforço palmeirense conheceu as instalações do clube e firmou o vínculo.

O Palmeiras pagou uma compensação financeira para a Penapolense, dona dos direitos do jogador, que defendia o Joinville por empréstimo na Série B. E o clube conseguiu inscrever o reforço de 25 anos no Boletim Informativo Diário da CBF nesta sexta-feira, prazo final para inscrição no Campeonato Brasileiro. Com isso, ele está apto para atuar já na próxima partida, contra o Botafogo, quarta, no Maracanã.

“Tenho três meses para retribuir essa confiança que o Palmeiras depositou em mim e tenho certeza de que vai dar tudo certo e vou poder dar alegrias não só aos torcedores, mas como à diretoria, que está apostando no meu futebol”, disse o volante, em entrevista ao site oficial do clube.

Washington fez 27 partidas pelo time catarinense, sendo 24 pela Série B, e não marcou nenhum gol. O volante disputará posição com o titular Wesley, pois tem características parecidas e gosta de sair para o jogo.

O técnico Dorival Júnior admitiu ter pedido a sua contratação, pois não sabia qual seria a condição de Wesley após se recuperar de uma lesão muscular – o volante voltou a jogar na noite de quinta-feira, quando foi titular na vitória sobre a Chapecoense.

“Nós buscamos, sim, mais um jogador. Não sabia quanto tempo o Wesley demoraria a voltar. Não queríamos tirar ninguém da Série B, porque precisavam de gente na reta final, mas precisávamos de uma reposição. Nós corremos atrás”, declarou o treinador, após a vitória sobre a Chapecoense.

Além de Washington, o Palmeiras já havia contratado o goleiro Jaílson, que tem 33 anos e também estava disputando a Série B, pelo Ceará. Ele já realizou nesta sexta-feira seu primeiro treino na Academia de Futebol.