Considerado o melhor boxeador da atualidade, o campeão mundial Manny Pacquiao, que espera para ser proclamado oficialmente como deputado do distrito de Sarangani, nas Filipinas, voltará aos ringues em novembro.

Michael Konzc, principal assessor financeiro de Pacquiao, afirmou que ainda não foi determinado quem será o rival do lutador filipino, em meios às especulações de que ele poderá enfrentar o norte-americano Floyd Mayweather Jr. ou o mexicano Antonio Margarito. “Não há nome do rival, mas é certo quando ele irá lutar”, afirmou Konzc.

Konzc disse que duas datas estão sendo estudadas para receber a luta: 6 ou 13 de novembro. O palco do combate seria mais uma vez o Estádio do Dallas Cowboys, famoso time de futebol americano do Texas. O local recebeu o confronto que Pacquiao travou contra Joshua Clottey, derrotado pelo filipino na última luta do astro.

O assessor afirmou que ainda não iniciou as negociações com potenciais oponentes de Pacquiao, mas Mayweather aparece como rival favorito. Eles lutariam em março, mas o esperado combate acabou sendo cancelado por causa de discordâncias entre as duas partes em relação ao sistema antidoping para realização da luta.

“Se Mayweather quer lutar Manny, então não há problema, desde que ele não tente nos intimidar dentro dos termos e condições (para realização da luta)”, avisou Koncz.