enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Nova diretoria Tricolor tenta retomar confiança da torcida

Celso deixa de ser o superintendente geral para tornar-se o “homem da bola”

  • Por Irapitan Costa

O presidente Rubens Bohlen tomou posse ontem para seu segundo mandato à frente do Paraná Clube. Nos 23 anos de existência, é apenas o terceiro presidente a partir para um segundo biênio. Antes, apenas Enio Ribeiro (2000 a 2003) e José Carlos de Miranda (2004 a 2007) comandaram o clube por quatro temporadas consecutivas. O desafio de Bohlen agora é fazer com que o planejamento estratégico – base de sua primeira campanha eleitoral – saia do papel e possa ser aplicado nas diversas áreas do clube, que passa a ser gerido em “unidades de negócios”.

Na cerimônia de posse, chegou ao fim o “suspense” em relação ao comando do futebol. Celso Bittencourt deixa de ser o superintendente geral para tornar-se o “homem da bola”, responsável por definir as diretrizes do Tricolor a partir do Campeonato Paranaense do ano que vem. “É um novo desafio. Amadurecemos muitas ideias ao longo dos últimos anos e acredito que teremos condições de realizar um trabalho ainda mais sólido a partir de 2014”, disse o dirigente, que, agora como vice-presidente de futebol, atuará ao lado do recém-contratado Roque Júnior, diretor-executivo de futebol, na reformulação do setor.

O Paraná, após vender o sonho do acesso nesta temporada,  que escapou na reta final, terá a dura missão de fazer com que os torcedores se mantenham unidos e mobilizados em torno do clube. Para tanto, terá que “mostrar suas armas” já na disputa do Paranaense. “O trabalho teve início há algumas semanas, assim que o Dado (Cavalcanti) nos confirmou que não ficaria”, destacou Bittencourt.

Novo treinador

O seu primeiro ato como vice de futebol será a definição do comando técnico do time. “Demoramos além do esperado porque entendemos ser uma peça chave e não podemos errar”, destacou.

O novo treinador trará, com certeza, um auxiliar e um preparador físico. O trio irá trabalhar ainda com a comissão permanente do clube. Celso Bittencourt não confirmou mudanças nesta comissão “do clube”. “Foram tantos assuntos tratados nos últimos dias que nem discutimos isso. Temos bons profissionais nesta área”, disse o vice de futebol. A saída do auxiliar de preparação de goleiros, Fernando Lopes, ocorreu por iniciativa do profissional, que optou por se transferir para o Santo André. “Teremos muitas definições nos próximos dias. Acredito que o novo treinador será anunciado entre amanhã (hoje) e quarta”, arrematou Bittencourt.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

8 Comentários em "Nova diretoria Tricolor tenta retomar confiança da torcida"


vinicius agua verde
vinicius agua verde
5 anos 4 meses atrás

Não fecharam as portas ainda? Vão começar o ano com as mesmas promessas e terminar com pires na mão… Enquanto tiver imóvel pra leilão o paranada vai resistir, o ultimo que sair apaga a luz…

Rogerio Couto Pereira
Rogerio Couto Pereira
5 anos 4 meses atrás

A piscina do Paraná Clube ja esta aberta ao público, para arrecadar fundos, entrada 5 reais. Não há necessidade de fazer exame médico. Obs- O Clube não funciona na SEGUNDA kkkkkkkk

gilmar mariano
gilmar mariano
5 anos 4 meses atrás

Sócio torcedor deveria votar pra eleição do Presidente e diretor de futebol, afinal somos nós que pagamos mensalmente para ajudar o clube.l

gilmar mariano
gilmar mariano
5 anos 4 meses atrás

O tal de Casinha eh diretor social desde os tempos de Pinheiros e vai continuar quebrando o Paraná., ele não entende de futebol e vai continuar mandando. cadê a renovação?? FORA CASINHA!!!!

Airton Kraismann
Airton Kraismann
5 anos 4 meses atrás

Confiança do torcedor? Com as mesmices e sem $$$, duvido. O torcedor cansou das vergonhas e vexames. Já começaram errando, nada contra o tal Roque Jr, mas não tem experiência, assim complica mais ainda.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas