Autor dos dois gols do Santos na vitória por 2 a 1 sobre o Ituano, de virada, na última quinta-feira à noite, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, Alan Kardec recebeu uma série de elogios do técnico Muricy Ramalho após o confronto válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O atacante já havia balançado as redes no empate por 1 a 1 com o XV de Piracicaba, fora de casa, na estreia do torneio estadual, e vem conseguindo aproveitar bem a brecha aberta na equipe considerada titular, que voltou aos treinos apenas na última sexta-feira e não está sendo utilizada nesta fase inicial da competição.

“A gente utilizou ele (Alan Kardec) quando o Ganso teve problema, se machucou na seleção e ficou mais de 40 dias sem jogar. O Alan Kardec foi utilizado na posição do Ganso (contra o Ituano), é um jogador que realmente chega bem de trás. É inteligente e é um jogador que taticamente é obediente. O tempo que ele passou na Europa (defendendo o Benfica) foi bom para ele. Toda vez que ele vem de trás é um jogador difícil de marcar, e é mais uma opção que a gente tem, mas prefiro ele mais próximo da área, jogando ao lado do Rentería como ele jogou no segundo tempo”, ressaltou Muricy.

Ao falar mais especificamente sobre o jogo do Ituano, o técnico admitiu que os garotos utilizados no confronto precisam evoluir na parte técnica. O treinador preferiu não mostrar empolgação com as boas atuações de jovens como Crystian, Tiago Alves e Dimba, que entraram no time no decorrer do duelo e ajudaram a equipe a conquistar a virada no placar.

“A gente percebe que os nossos meninos têm um pouquinho de defeito de fábrica, a verdade é essa, chegam bem no fundo, mas a bola não chega nunca na área. Isso precisa ser corrigido. A única vez em que o Felipe Anderson fez isso (com eficiência) saiu o (primeiro) gol (de Alan Kardec). É questão de insistir com esses meninos, eles vêm com esse defeito mesmo”, completou o comandante.

No próximo domingo, contra o Paulista, em Jundiaí, pela terceira rodada do Paulistão, o time considerado reserva e os garotos testados por Muricy terão uma nova chance de mostrar serviço ao treinador, que só pretende utilizar a sua formação principal à disposição no dia 5 de fevereiro, no clássico contra o Palmeiras, em Presidente Prudente.