O técnico do Palmeiras, Gilson Kleina, afirmou hoje que o clube precisa fazer contratações pontuais para a próxima temporada.

“Já apresentei uma lista de reforços e estamos trabalhando. Queremos fazer contratações pontuais de acordo com a nossa carência”, disse o treinador palmeirense em entrevista à TV Globo.

“Na nossa lista, tem jogadores que fizeram bons campeonatos, mas que são revelações. O maior entrave [para as contratações] é o processo eleitoral”, acrescentou Kleina, citando as eleições presidências que estão previstas para o dia 21 de janeiro -dois dias antes da estreia do clube no Campeonato Paulista.

Do elenco que caiu para a Série B, a diretoria do Palmeiras anunciou a saída de nove jogadores Artur (lateral direito), Leandro (lateral esquerdo), Román e Thiago Heleno (zagueiros), João Vitor e Corrêa (volante), Daniel Carvalho (meia) e Betinho e Obina (atacantes).

O time alviverde disse ainda que 11 atletas estão “disponíveis para negociação”: os goleiros Pegorari e Carlos, os laterais Fabinho Capixaba, Luís Felipe e Gerley, os zagueiros Leandro Amaro e Wellington, o volante Tinga, o meia Patrik e os atacantes Daniel Lovinho e Tadeu.

Gilson Kleina também comentou do meia-atacante Valdivia, que se recupera de uma lesão no joelho. “Temos que fazer um trabalho com o Valdivia para evitar lesões. O Palmeiras depende dele”, completou.