O Internacional praticamente não tem mais chances de conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Com quatro rodadas para o final, está 10 pontos atrás do líder Fluminense. Por isso, o pensamento de todos agora é o Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado em dezembro, em Abu Dabi (Emirados Árabes Unidos). A partir desta terça-feira, quando os jogadores voltam de uma folga de dois dias, a atenção estará toda voltada à competição mundial.

O técnico Celso Roth já adiantou que o time fará, a partir de agora, treinamentos específicos para aprimorar o time que disputará o torneio no próximo mês. Na manhã desta terça, por exemplo, os jogadores serão submetidos a uma criteriosa avaliação física que determinará a carga de trabalho para cada atleta.

Como os quatro últimos jogos do Brasileirão – contra Avaí (casa), Botafogo (fora), Vitória (casa) e Prudente (fora) – serão aos domingos, Roth quer aproveitar os dias livres durante a semana para intensificar a preparação para o Mundial. A viagem para Abu Dabi já está marcada para o dia 8 de dezembro e a estreia, já pelas semifinais, será no dia 14 – contra o vencedor do duelo entre Pachuca, do México, e o campeão da Liga dos Campeões da África (Mazembe, do Congo, ou Esperance, da Tunísia).

Para a partida contra o Avaí, neste domingo, o Internacional terá o retorno de vários jogadores. O volante Guiñazu, o meia D´Alessandro e o atacante Alecsandro voltam de suspensão e o também volante Tinga está recuperado de uma lesão muscular.