Acabou a brincadeira para a Holanda. Pelo menos essa foi a impressão deixada na chegada da delegação ao hotel onde ficará em Salvador para enfrentar a Espanha nesta sexta-feira, às 16 horas, na Arena Fonte Nova, pela primeira rodada da Copa do Mundo. O bom humor e descontração mostrados pelos holandeses nos primeiros dias de preparação no Brasil parecem ter ficado no Rio.

Nesta quarta-feira, os jogadores desembarcaram na capital baiana pouco depois das 13 horas em uma saída reservada do aeroporto e não tiveram contato com a imprensa. No desembarque, passaram por uma zona mista e evitaram as entrevistas. Robben, Sneijder, Van Persie e outros atletas foram abordados pelos jornalistas que acompanhavam o procedimento, mas se negaram a falar.

A atitude marca o que parece ser uma mudança de postura da relação descontraída dos jogadores com o público. No Rio, os holandeses foram ao Cristo Redentor, chegaram a jogar frescobol na praia e tiraram fotos com fãs e curiosos. Com a proximidade da estreia contra a Espanha – uma reedição da final do último Mundial -, os atletas parecem mais focados na competição.

O Grupo B é considerado um dos mais difíceis da primeira fase da Copa. Além de Espanha e Holanda, a chave tem ainda Chile e Austrália. Ainda nesta quarta-feira, a partir das 18 horas, a delegação holandesa faz um treino fechado para a imprensa no estádio do Pituaçu. E nesta quinta o grupo volta a treinar, agora na Fonte Nova, para fazer o reconhecimento de gramado.