O técnico Roy Hodgson se mostrou confiante na participação do meia Alex Oxlade-Chamberlain na Copa do Mundo. O jogador do Arsenal sofreu na quarta-feira um estiramento no ligamento medial do joelho direito e teve sua presença no Mundial colocada em xeque, mas sua recuperação animou o treinador inglês, que já confirma a presença do jogador no torneio.

“Todo mundo está em forma. Oxlade-Chamberlain está tendo um bom progresso. Eu acho que ele vai jogar o torneio sem deixar nenhuma sombra de dúvida”, afirmou Hodgson no sábado, após empate de sua seleção por 0 a 0 com Honduras, em Miami. Na sexta-feira, ele havia dito que esperaria até o último instante para decidir se cortaria o atleta – o prazo para substituição de jogadores machucados é até 24 horas antes da estreia na Copa.

Chamberlain se machucou durante o empate por 2 a 2 da Inglaterra com o Equador, na quarta-feira, em Miami. As partidas com equatorianos e hondurenhos foram as últimas da preparação inglesa para o Mundial – a primeira foi a vitória por 3 a 0 contra o Peru, em Wembley, em 30 de maio.

O viagem da seleção inglesa para o Brasil está prevista para este domingo. A delegação desembarca no Rio, onde ficará se preparando para a estreia na Copa marcada para o dia 14, contra a Itália, na Arena Amazônia, em Manaus. Depois, enfrenta o Uruguai no Itaquerão, em São Paulo, no dia 19, e termina participação no Grupo D contra a Costa Rica no dia 24, no Mineirão, em Belo Horizonte.