Luiz Felipe Scolari saiu de campo irritado na noite desta quinta-feira. E não somente por causa da virada que o líder Cruzeiro impôs ao Grêmio. O técnico da equipe da casa reclamou do desempenho da arbitragem, principalmente do quarto árbitro, Márcio Coruja.

“Ele não é muito adepto do Grêmio. Perguntei a ele se oito, nove faltas no Dudu não seria antijogo, e ele disse que eu estava faltando com ética. Acho que está na hora de a Federação Gaúcha dar uma observada. Não tem só o Coruja para ser o quarto árbitro. Tem outros”, reclamou Felipão. “Eu acho que está na hora de alguém olhar. São sete, oito jogos dele aqui no Grêmio.”

O técnico se mostrou irritado também com a expulsão de Flávio Murtosa. O auxiliar de Felipão foi excluído nos minutos finais da partida por causa de reclamação. Na súmula, o juiz Vinicius Furlan registrou que Murtosa fez “gestos contra a arbitragem” e “proferiu as seguintes palavras: ‘esse filha da p… Não dá cartão'”.

Furlan relatou ainda críticas de Felipão e do outro auxiliar, Ivo Wortmann, ao fim da partida. Segundo o árbitro, o técnico afirmou que “este quarto árbitro não entra nunca mais aqui” na saída do campo.

Na entrevista coletiva, o treinador reforçou a insatisfação com as atuações do quarto árbitro na Arena Grêmio. “No nosso banco, ninguém mais quer nem olhar para a cara dele. Só tem ele para ser quarto árbitro? Nós não gostamos dele, nem ele gosta da gente. Não adianta ficar passando panos quentes… Vai trabalhar em outro jogo. A Federação tem que ter um pouco de bom senso. Hoje foi o Murtosa, amanhã vai ser outro”, reclamou.

Apesar das críticas à arbitragem, Felipão disse que as falhas não foram determinantes para a vitória do Cruzeiro por 2 a 1. “Eles ganharam por qualidade, não tem nada a ver com arbitragem. Pronto. Nós não fizemos no primeiro tempo e eles fizeram. Foram erros normais, mas que deixam os jogadores e todo mundo no banco irritados”, comentou.

Para o treinador, o time visitante venceu a partida ao mudar sua postura depois do intervalo. “O Cruzeiro empurrou o Grêmio para trás, como nós fizemos no primeiro tempo. O melhor posicionamento do Cruzeiro fez eles dominarem o jogo. Acho que o Cruzeiro poderia ter recebido uns três cartões a mais, mas isso não influenciou o resultado, o Cruzeiro tem uma bela equipe. Precisamos dar os parabéns.”