João Souza, o Feijão, foi o único a vencer entre os três tenistas brasileiros que foram para a quadra nesta terça-feira na primeira rodada do qualifying de Roland Garros. Ele derrotou com facilidade o tailandês Danai Udomchoke por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, e segue vivo na busca por uma vaga na chave principal do Grand Slam francês, que começará a ser disputada neste domingo.

Com a vitória desta terça, Feijão enfrentará na próxima fase do qualifying o espanhol Pablo Carreno-Busta, que na primeira rodada superou o alemão Dominik Meffert por 2 sets a 0, com 7/6 (11/9) e 7/5.

Já os brasileiros Guilherme Clezar e Leonardo Kirche foram derrotados já na estreia deste estágio da competição realizada em Paris. O primeiro deles amargou uma dura eliminação diante do eslovaco Pavol Cervenak, pois chegou a ter dois match points no tie-break do segundo set do confronto no qual acabou perdendo de virada, por 2 a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (7/9) e 8/6.

Kirche, por sua vez, foi superado pelo francês Pierre-Hugues Herbert, que ganhou por 2 sets a 0, com 7/6 (9/7) e 6/3, nesta primeira rodada do qualifying.

Desta forma, o Brasil poderá ter no máximo três tenistas na chave de simples masculina desta edição de Roland Garros. Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva já estão garantidos no grupo de 128 jogadores que abrirão a fase principal da competição no domingo e torcem para Feijão também alcançar este estágio da disputa na capital francesa.