Este promete ser um dos Fla-Flus mais esvaziados dos últimos anos. Um Flamengo desclassificado do Campeonato Carioca contra um Fluminense mais preocupado com a Copa Libertadores, com muitos jogadores reservas. Para intensificar o cenário de desinteresse, a partida será jogada em Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira, às 18h30, devido ao fechamento do Engenhão.

Como apenas uma combinação improvável de resultados eliminará o time tricolor das semifinais da Taça Rio (segundo turno do Estadual), o técnico Abel Braga vai descansar alguns titulares para que estejam inteiros para o duelo contra o Caracas, da Venezuela, na próxima quinta-feira, em São Januário. O jogo vai definir a classificação para as oitavas de final da Libertadores.

Entre os poupados deverão estar o zagueiro Leandro Euzébio e o volante Edinho, que tiveram grande desgaste no empate por 0 a 0 com o Grêmio, na quarta passada, em Porto Alegre. “O músculo posterior da coxa ainda está um pouco dolorido após um lance em que forcei na corrida contra o Grêmio. Se eu acordar legal, vou porque é um clássico. Mas se não estiver é melhor recuperar porque na quinta temos um jogo decisivo contra o Caracas”, comentou Euzébio.

Wellington Nem deve fazer seu retorno de torções no joelho e tornozelo esquerdos. O atacante precisa recuperar ritmo antes do confronto contra os venezuelanos. O meia Thiago Neves e o atacante Fred, lesionados, não jogam. “Estou 100% recuperado e pronto para voltar”, disse o jogador.

Pelo lado rubro-negro, Jorginho tenta mobilizar sua tropa para que não falte vontade. A equipe está eliminada da disputa do título estadual e cumpre tabela nas duas últimas rodadas da Taça Rio. Alguns de seus comandados parecem ter entendido o recado.

“Esse jogo de domingo vale muito, tenho que mostrar por que fui contratado. Temos que saber que cada jogo é de extrema importância para ganhar uma vaga no time”, disse o atacante Gabriel. “É um sonho jogar um Fla-Flu. Vou poder participar pela primeira vez e é sempre bom jogar um clássico”.

Mais uma vez o técnico flamenguista vai promover alterações na formação titular. O zagueiro chileno González jogará pela primeira vez sob o comando de Jorginho. Mesmo caso de Ramon, que será observado na lateral esquerda.