Foto: João Carlos ?Tatão?

O piloto curitibano Aragão Branco venceu a terceira etapa da Copa Turismo GNV 2006, (foto) realizada no anel externo do Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais. A corrida contou com 47 participantes e foi organizada pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Automobilístico (IBDA), com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPA), e, patrocínio do Lovato, Tecnigás, Valorem, JK Pneus e Orange.

Durante o treino classificatório, que definiu o "grid" de largada, a "pole-positon" da Copa Turismo GNV foi conquistada por Beto Cazumi, com tempo de 1m07s625, seguido de Anderson da Silva, 1m07s661, e Sanito Cruz Jr., 1m07s771 E na Light, a "pole" foi do catarinense Guto Passos, com 1m08s226, seguido do conterrâneo Jader Tomazi, 1m08s429, e, do paranaense Felipe Costa, 1m08s496.

Dada a largada para a primeira bateria, Anderson da Silva assumiu a "ponta" da prova, e passou a travar bom duelo com Andrey Tomazi, Guto Passos, Sanito Cruz Jr., Fabrício Lançoni e Max Mohr pela liderança da corrida. A corrida foi interrompida duas vezes, por causa de acidentes, onde foi preciso a entrada do carro madrinha para diminuir a velocidade dos carros, facilitando a retirada dos acidentados. Ao fim de 22 voltas, a vitória foi do catarinense Andrey Tomazi, com tempo de 31m33s295, seguido de Guto Passos, à 0s160, Sanito Cruz Jr, à 0s325, Anderson da Silva, à 0s486, Aragão Branco, à 0s659, e em sexto lugar, Toninho Espolador, à 01s036. A volta mais rápida da prova foi de Aragão Branco, na 11.ª passagem, com o tempo de 1min17s666, à média de 118.198 km/h.

Por força do regulamento, o "grid" de largada da segunda bateria, foi invertido do 1.º ao 10.º colocado. Com isso, Roberto Baú largou na frente, ao lado do catarinense Cristian Mohr. Novamente a prova foi interrompida por um acidente, e, o carro madrinha entrou na pista, acompanhando os pilotos por quatro voltas. Ao fim de 20 voltas, a vitória foi de Aragão Branco, com tempo de prova de 29m49s413, seguido de Anderson da Silva, à 0s219, Sanito Cruz Jr., à 0s556, Cristian Mohr, à 0s717, Andrey Tomazi, à 0s884, e em sexto lugar, Marcelo Campagnolo, à 01s047.

Somados os pontos das duas baterias disputadas, a classificação final foi a seguinte: Copa Turismo GNV -1.º) Aragão Branco (PR), 33 pontos; 2.º) Anderson da Silva (PR), 32; 3.º) Sanito Cruz Jr. (PR), 32; 4.º) Andrey Tomazi (SC), 32; 5.º) Cristian Mohr (SC), 23; 6.º) Toninho Espolador (PR), 19.

GNV Light: 1.º) Marcelo Campagnolo (PR), 33; 2.º) Guto Passos (SC), 33; 3.º) Jader Tomazi (SC), 32; 4.º) Maurício Amorim (SC), 29; 5.º) Pablo Falquete (PR), 23; 6.º) Sharbel/Gualter (SC), com 19 pontos ganhos.

A próxima etapa da GNV acontece nos dias 17 e 18 de junho no AIC.