Cerca de 800 crianças e adolescentes de 76 escolas municipais e particulares participaram da segunda etapa do II Desafio Xeque-Mate de Xadrez, no Colégio Bom Jesus Divina Providência, no bairro Ahú.

Além de representar um momento de diversão para os participantes, a prática do xadrez possui um grande valor pedagógico e educativo, contribuindo para o desenvolvimento pessoal, social e cognitivo dos jogadores, disse o secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Marcello Richa.

Criado para fortalecer e difundir a prática do xadrez na rede de ensino, o Desafio Xeque-Mate é dividido em quatro etapas e conta com dez modalidades, sendo nove para estudantes e uma aberta para a participação da comunidade.

A primeira etapa aconteceu em abril, na Escola Municipal Bairro Novo do Caic Guilherme Lacerda Braga Sobrinho, no Sítio Cercado, e teve 700 participantes.

Promovido pelas secretarias municipais do Esporte Lazer e Juventude e da Educação em parceria com a Federação Paranaense de Xadrez, o Desafio Xeque-Mate contará com mais duas etapas, que serão realizadas nos dias 29 de setembro e 10 de novembro.