Ciente das dificuldades que terá na disputa do Campeonato Brasileiro, apesar do bom momento que vive após a conquista do título paranaense, o Coritiba sabe da importância de emplacar uma sequência de bons resultados no início da competição nacional. Dos últimos cinco anos, quando o Verdão apenas lutou contra o rebaixamento, somente em 2013 o time coxa-branca conseguiu começar bem o Brasileirão. O primeiro desafio será já nesta segunda-feira (15), às 20h, diante do Atlético-GO, no Couto Pereira.

Mesmo de ressaca depois da conquista do título estadual após jejum de três temporadas, o Coritiba, internamente, já conversou sobre essa necessidade de conseguir largar bem no Brasileirão. Nas últimas temporadas, o Coxa precisou reagir no segundo turno do torneio nacional para não ser rebaixado à segunda divisão.

“Já conversamos com a comissão, com alguns jogadores, com pessoal de análise do clube, que até já fez um estudo mostrando os últimos anos e a diferença do primeiro para o segundo turno. Por isso encontrou dificuldades nas últimas competições. Arrancar bem é fundamental em uma competição como essa. Já tivemos uma conversa sobre a importância de largar bem, fazer um bom primeiro turno e vislumbrar coisas maiores na sequência, no segundo turno”, apontou o goleiro Wilson.

Internamente, o goleiro alviverde garantiu que a primeira meta do Coxa é se livrar do risco de rebaixamento para, depois, buscar objetivos maiores no Brasileirão. “Primeiro é pensar em não brigar contra o rebaixamento como foi nos últimos anos. É o primeiro pensamento e temos total confiança que a gente não vai nem passar perto disso esse ano. Temos muito a crescer ainda, tem reforços vindo para fortalecer ainda e com certeza a gente vai fazer um grande Brasileiro à altura da grandeza do Coritiba”, emendou.

O Coritiba sabe das dificuldades do Brasileirão e terá pela frente duelos complicados pela frente. Além do Atlético-GO, o Coxa enfrenta, no Couto Pereira, o Atlético, o Palmeiras, o Bahia e o Corinthians. Já fora de casa, o Verdão terá outros cinco compromissos contra Santos, Vitória, Botafogo, Grêmio e Cruzeiro. O goleiro Wilson admitiu que já estudou a tabela e que aproveita o tempo livre para projetar os jogos do time alviverde no Brasileirão.

Leia mais! Alceni Guerra diz que pré-projeto do novo Couto está quase pronto!

“Sou meio neurótico. Quando estou em casa e não estou com minha filha, eu fico vendo a tabela, estudando. Vejo a tabela toda, onde será o último jogo, primeiro, estou sempre olhando, fazendo uma previsão. Por isso tivemos essa conversa preliminar de conseguir arrancar bem nas dez primeiras rodadas, no primeiro turno, a importância disso. Todos estão cientes”, explicou Wilson.

Das cinco últimas temporadas, o Coritiba conseguiu somente em 2013 largar bem no Brasileirão. Foram cinco vitórias e cinco empates e o time alviverde chegou a liderar a competição nacional. Em 2012, o desempenho neste mesmo período foi de apenas 30%. Nas temporadas de 2014 e 2015, o Coxa conseguiu apenas 23% de rendimento nas dez primeiras rodadas. Já em 2016, o Verdão melhorou um pouco o desempenho, mas conquistou apenas 30% dos pontos disputados e não conseguiu iniciar bem novamente o torneio.