De um início promissor, de lideranças provisórias e dentro do G-6, para o sinal de alerta. Atual nono colocado, com 15 pontos, o Coritiba teve uma queda de rendimento nas últimas partidas e despencou na tabela da Série A. São três empates e duas derrotas nos últimos cinco jogos. Para piorar, já não balança as redes dos adversários há quatro rodadas.

A última vitória alviverde aconteceu na quinta rodada, há 20 dias, no triunfo por 1×0 sobre o Palmeiras, no Couto Pereira. O empate por 2×2 diante do Botafogo, fora de casa e atuando bem, além de conseguir jogar de igual para igual com o líder Corinthians, em um empate sem gols, manteve o Verdão em boas condições. Somente o 0x0 frente ao Bahia, uma rodada antes, frustrou os planos.

A sequência de empates, que parecia razoável, mudou de cenário com os duelos seguintes. O Coxa perdeu para Grêmio e Cruzeiro, ambas por 2×0, e caiu da terceira posição para a nona. É bom ressaltar que, em Porto Alegre, a equipe teve possibilidades de sair na frente e, posteriormente, arrancar um empate. Já em Belo Horizonte, após desperdiçar algumas chances, o gol de Thiago Neves fez o time se perder e o placar poderia ter sido maior se não fosse mais uma boa atuação do goleiro Wilson.

“Enfrentamos dois grandes adversários. Um jogo contra o Grêmio muito equilibrado e que poderíamos ter um resultado melhor. Contra o Cruzeiro não foi o jogo que gostaríamos e nem perto do que fizemos em outras partidas”, avaliou o técnico Pachequinho.

Sem marcar gol há quatro jogos e sem vencer há cinco partidas, o Coxa também viu sua defesa ser vazada na mesma quantidade dos oito confrontos anteriores em apenas duas partidas. A comissão, agora, aposta nas duas partidas em casa para recuperar o caminho das vitórias, diante de Vasco e Sport.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

Porém, com o gramado em reforma, o Coritiba não terá condições de jogar em seu estádio. Por isso, a diretoria já alinhou o empréstimo da Vila Capanema para o duelo contra o Vasco da Gama no domingo, às 19h. O rival carioca tem a mesma pontuação, mas com um triunfo a mais. O palco do jogo contra o Sport, no dia 10, ainda está sendo analisado.