A longa passagem de Marcelo Oliveira pelo Coritiba chegou ao fim. Após uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira (6), o presidente do Coxa, Vilson Ribeiro de Andrade, e o superintendente de futebol, Felipe Ximenes, optaram pela saída do treinador, que deixa o Verdão após um ano e nove meses.

A derrota para a Portuguesa, por 3 a 0, na última quarta-feira (5), foi a gota d’água para a diretoria do clube tomar a decisão. Sob o seu comando, o Coritiba conquistou 74 vitórias, empatou 25 jogos e sofreu 32 derrotas – aproveitamento de 62,84%.

Mesmo com a pressão da torcida em diversos momentos de sua passagem pelo Coxa, Marcelo Oliveira recebeu o aval da diretoria e permaneceu no Verdão, como nas finais da Copa do Brasil de 2011 e 2012 e na derrota para o Atlético, no ano passado.

A passagem de Marcelo Oliveira fica também marcada pelas críticas com relação ao seu padrão de jogo. A opção por utilizar diversos volantes em campo era uma das questões mais criticadas.

O Coritiba está na décima sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos.

O site oficial do Coritiba divulgou que a Diretoria Administrativa do Clube agradece a dedicação e o empenho do treinador nestes meses de trabalho junto ao projeto Alviverde.

Além do treinador, o preparador físico Juvenilson de Souza e o auxiliar técnico Cleocir dos Santos também deixam a equipe técnica do Clube.

Novo técnico

Divulgação/Site do Coritiba

Ainda no final da manhã desta quinta-feira, o Coritiba anunciou a contratação de Marquinhos Santos como novo treinador do clube. O novo comandante estava comandando a seleção sub-17 da seleção brasileira. O ex-jogador Tcheco será o seu auxiliar técnico. Ele terá ainda e como preparador físico o Coordenador de Performance Física do clube, Glydiston Ananias.