O Coritiba até fez um bom jogo contra o CRB, na noite de segunda-feira (20), no estádio Rei Pelé, em Maceió, mas a derrota por 1×0 escancarou os problemas ofensivos que o time está enfrentando na disputa da Série B. O Coxa não tem contado mais com o atacante Rodrigão inspirado e, após perder a invencibilidade na segunda divisão, o técnico Umberto Louzer lamentou a quantidade de gols perdidos, inclusive uma penalidade desperdiçada pelo camisa 9.

“Nossa ideia era vir aqui e nos impor, isso nós fizemos. Tivemos um pênalti, tínhamos criado outras oportunidades, mas precisamos transformar em gol. Pagamos um preço caro por isso. Buscamos o empate, mas não fomos eficientes. Estamos tentando corrigir isso, treinando bastante, mas não temos conseguido essa eficiência”, lamentou o treinador.

+ Leia também: Artilheiro do Coxa, Rodrigão falha em momento decisivo

O Alviverde enfrentou um time frágil e que tem boas chances de lutar contra o rebaixamento. A equipe teve o controle da partida, mas não conseguiu transformar em gol essa superioridade que teve em campo.

“A gente lamenta porque tivemos o controle da partida. No primeiro tempo poderíamos ter saído com um ou dois gols que não seria nada anormal. Futebol te dá esses aprendizados, mas não podemos toda hora dar desculpas. É de se lamentar, corrigir e ter uma cobrança maior”, emendou Louzer.

+ Confira a classificação completa da Série B

Se não fossem os dois pênaltis perdidos por Rodrigão, nos duelos contra Londrina e CRB, o Coritiba estaria figurando dentro do G4 da Série B. Nada, porém, que abale a confiança de Louzer no artilheiro.

“O nosso artilheiro foi infeliz nessas duas cobranças. Lamentamos o resultado adverso, pois nos distancia um pouco. Agora temos que vencer em casa e, para isso, contamos com o apoio do nosso torcedor”, concluiu.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!