O presidente Rogério Bacellar revelou que o atacante Kléber aceitou reduzir o seu salário para permanecer no Coritiba em 2016. Além disso, o jogador, que fez 13 jogos pelo Alviverde no ano passado e um gol, terá um contrato de produtividade, em que receberá mais dependendo do número de jogos, gols e conquistas.

“O Kléber teve uma redução de salário e um contrato de produtividade. É um jogador que quer se firmar no Coritiba, isso é muito importante”, valorizou o dirigente alviverde. “Ele já demonstrou um carinho tremendo quando se contundiu (após a estreia contra o Cruzeiro, em 2015) e abriu mão dos salários enquanto estivesse parado. Com isso mostra o brio do atleta profissional”, elogiou Bacellar.

Além de reafirmar a presença de Kléber, Bacellar ainda confirmou que o meia Juan também seguirá no Coritiba. Das novidades, além dos seis reforços apresentados, o dirigente disse que “um ou dois” ainda podem chegar nesse mês. A ideia da diretoria alviverde é ter um elenco de no máximo 32 jogadores.

Gramado

Em manutenção desde o dia 21 de dezembro, o gramado do Couto Pereira terá nova dimensão em 2016. Para cumprir a exigência da CBF, que vai padronizar os campos de todos os times da Série A e B, o gramado da casa do Coritiba vai diminuir e terá padrão Fifa: deixa de ter 109 m x 72 e passa a ter 105 x 68 m. A previsão é que o Couto receba jogos no dia 10 de fevereiro. (Eduardo Luiz K. e Marcos Xavier Vicente)