Como já vinha se encaminhando para acontecer há semanas, o zagueiro Alan Costa não defende mais o Coritiba no restante da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogador e o clube entraram em acordo e assinaram a rescisão do contrato, que iria até o final deste ano.

O defensor tinha sido afastado do clube após se recusar a viajar com a delegação para Campinas quando soube que seria reserva no jogo diante do Guarani. A partida aconteceu no dia 12 de junho e foi a última da equipe antes da parada para a Copa América. Desde então, as relações entre atleta e clube estavam estremecidas.

+ Leia mais: Revelação do Coritiba entra na mira de Tite pra seleção brasileira

O jogador, de 28 anos, chegou ao Coritiba no início de 2018 e viveu momentos de altos e baixos no Alto da Glória. Depois de ser afastado do time no início do ano passado por protagonizar um lance curioso, em que levou um elástico do jogador do Foz do Iguaçu no Campeonato Paranaense, o defensor teve uma nova chance no final da temporada com o técnico Argel Fucks, no Brasileirão e se fixou na posição.

Neste ano, mesmo com a alta rotatividade na equipe, ele era presença garantida entre os titulares. Ele somente não atuou na vitória por 1×0 contra o Guarani, somando 23 jogos no ano. De acordo com Edson Khodor, empresário do jogador, a situação com o Alviverde já está resolvida e o atleta logo se apresentará para vestir uma nova camisa.

+ Confira também: Keirrison é dispensado após uma semana no CSA e vê carreira em queda

“Já tem clube para ele. Existe proposta do exterior e também três do Brasil. Em breve, ele estará em outro time”, resumiu à Tribuna do Paraná. Pelo Verdão, Costa tem sete partidas nesta Segundona, portanto, excede a marca de seis jogos em uma divisão e não poderá mais atuar em clubes da Série B. Seu destino, portanto, deverá ser a Série A, C, D ou exterior.