O momento é difícil, a situação no campeonato é complicada e, por isso, o momento no Coritiba é de mobilização. Foi pelo menos assim que o técnico Argel Fucks baseou seu trabalho durante essa semana para o duelo decisivo diante do Guarani, neste sábado(3), às 19h30, no Estádio Couto Pereira. Já que não conseguir vencer o Bugre pode significar a eliminação definitiva do Coxa na busca pelo acesso à primeira divisão do ano que vem.

+ Leia mais: CBF não vai se meter em treta entre Coxa e TV

“Mobilização: essa é a palavra ideal. Tive uma conversa particular com os atletas, sem mais ninguém. É levar essa mobilização, manter o foco, já que o detalhe define. Não podemos lamentar o que aconteceu. É corrigir os erros e ter concentração, foco. A gente sabe que os detalhes estão decidindo no futebol. O resultado pode nos dar confiança e fortalecer o trabalho dos jogadores”, afirmou o treinador.

+ Também na Tribuna: Carlos Eduardo está fora do Coritiba até final da Série B

O Coritiba entra para o duelo contra o Guarani com menos de 1% de chances de conseguir o acesso à primeira divisão. No entanto, na abertura da rodada, o Goiás tropeçou diante do Criciúma, fora de casa, e animou a equipe alviverde. A distância para o time goiano, quarto colocado, ao final da rodada, pode diminuir para cinco pontos. O técnico Argel Fucks, no entanto, foca apenas em conquistar a vitória diante do Bugre, que tem a mesma pontuação do Coxa na tabela.

“Sempre digo que o melhor resultado é o nosso e não dos outros. Precisamos fazer nossa parte. Precisamos da vitória senão damos adeus ao campeonato. Sabemos da nossa responsabilidade. Isso serve para nós e para eles. Quem perder o jogo amanhã está fora. Temos que fazer prevalecer o fator casa. Em casa temos que ser fortes e vamos enfrentar um time de qualidade e tradição. Vamos buscar isso, nem o empate nos interessa. Só existe a vitória no nosso pensamento”, concluiu o treinador.

Time

Para enfrentar o Guarani, o técnico Argel Fucks terá algumas baixas. O goleiro Wilson teve uma lesão no ligamento cruzado posterior do joelho confirmada e não joga mais nesta temporada. O goleiro Rafael Martins, que em dez anos de clube fez apenas dois jogos pelo Coritiba, será o titular da meta diante do Bugre.

+ Confira ainda: Por onde anda o time que jogou na estreia de Wilson?

Quem também desfalca o time neste compromisso é o meia Carlos Eduardo, que fraturou o tornozelo, e atacante Guilherme Parede, que foi expulso diante do Paysandu, fora de casa. Há ainda a expectativa de que o meia Chiquinho, recuperado de dores no joelho, possa voltar, mas não como titular. Assim, o meio de campo alviverde seria formado por Yan Sasse e Jean Carlos.

Yan Sasse espera dar a resposta esperada e conseguir se firmar nesta reta final de Série B. “Todo jogador quer assumir isso. Comigo não é diferente. Usar confiança para o lado bom e tentar fazer uma boa partida”, apontou o jogador.

+ Veja: Confira a classificação da Segundona

Portanto, o provável Coritiba para enfrentar o Guarani deve terRafael Martin; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner; Simião, Vitor Carvalho, Yan Sasse e Jean Carlos (Chiquinho); Alecsandro e Guilherme.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!