A indefinição sobre a data da eleição presidencial no Coritiba ganhou mais um capítulo. Nesta sexta-feira (11), 46 conselheiros do clube entregaram um requerimento ao presidente do Conselho Deliberativo do clube, Marcelo Licheski, pedindo que a votação seja mantida para o dia 12 de dezembro.

No documento, eles alegam que adiar a eleição pode atrapalhar todo o planejamento para o futuro alviverde nos próximos três anos, além de seguir o que consta no estatuto do clube.

Agora, caberá ao Conselho tomar a decisão. Na última quinta-feira (10), outros 39 conselheiros entregaram um pedido para o adiamento da escolha do novo presidente, deixando o clube dividido internamente.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Nesta sexta, foi lançado um edital convocando todos os conselheiros para participarem da eleição, previamente marcada para o dia 12 de dezembro. No entanto, com a observação de que, por conta da pandemia, esta data pode ser alterada.

+ Mais do Coxa:

+ Coritiba e Internacional chegam a acordo por Sarrafiore
+ Apenas sete jogadores do último Atletiba pelo Brasileirão podem disputar o próximo clássico
+ Ídolos da dupla Atletiba já viraram a casaca; relembre as histórias
+ Ascensão x afirmação: Atletiba coloca frente a frente técnicos com objetivos diferentes


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?