SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRES) – A seleção da Islândia manifestou apoio a Carl Ikeme, goleiro nigeriano que foi diagnosticado com leucemia e por isso ficou de fora da Copa do Mundo da Rússia.

Uma imagem postada pelo meia Bodvarsson, que atuou com Ikemi no Wolverhampton, da Inglaterra, mostra o grupo da equipe europeia segurando uma camisa feita em homenagem ao jogador.

“Todos nós na seleção islandesa estamos com você, Carl Ikeme”, diz a mensagem.

O goleiro, que segundo a imprensa do país africano seria favorito à titularidade no Mundial, descobriu a doença durante exames de pré-temporada no Wolverhampton no ano passado e se afastou para fazer tratamento.

Islândia e Nigéria se enfrentam na próxima sexta-feira (22), na Arena Volgogrado, pela segunda rodada do Grupo D da Copa da Rússia.