Em apoio à Chapecoense, alguns clubes estão se mobilizando para ajudar a equipe catarinense a se reestruturar. Através dos seus perfis oficiais no twitter, Coritiba, Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos divulgaram uma nota onde oferecem ajuda com empréstimo de jogadores de graça.

Além disso, os times, na mesma nota, afirmam que vão procurar a CBF para solicitar que a Chapecoense não seja rebaixada pelos próximos três anos no Campeonato Brasileiro. Caso a equipe termine entre os quatro últimos colocados, o 16º automaticamente seria o quarto rebaixado.

A tendência é que outros times aceitem a proposta e também possam aderir ao movimento. Antes dessa nota, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, afirmou que a Raposa está à disposição para ajudar o time catarinense como puder.

“Nós estamos tristes, sentidos com essa tragédia, mas haveremos de ajudar. Trabalhando unidos, nós, presidentes de clubes do futebol brasileiro, para ela voltar com galhardia a disputar as competições do futebol brasileiro. Estou propenso a conversar com os outros clubes para que desenvolvamos um projeto para emprestarmos jogadores de bom nível para que eles possam disputar as competições de 2017”, disse ele, através de um vídeo.

Mais cedo, todos os clubes mudaram suas fotos de perfil para uma com o símbolo da Chapecoense em branco e preto, com a seguinte frase: Hoje, todos os clubes do Brasil são um só. #ForçaChape.

Confira a nota na íntegra:

Neste momento de perda e de profunda tristeza, nós, presidentes dos clubes brasileiros que publicam essa nota, gostaríamos de manifestar nossos mais sinceros sentimentos de pesar e solidariedade à Associação Chapecoense de Futebol e seus torcedores, e em especial às famílias e amigos dos atletas, comissão técnica e dirigentes envolvidos na tragédia ocorrida na madrugada desta terça-feira (29).

Mesmo cientes dos prejuízos irreparáveis provocados por este terrível acontecimento, os Clubes entendem que o momento é de união, apoio e auxílio à Chapecoense.

Neste sentido, os Clubes anunciam Medidas Solidárias à Chapecoense, que consistirão, dentre outras, em:

(i) Empréstimo gratuito de atletas para a temporada de 2017; e
(ii) Solicitação formal à Confederação Brasileira de Futebol para que a Chapecoense não fique sujeita ao rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro pelas próximas 3 (três) temporadas. Caso a Chapecoense termine o campeonato entre os quatro últimos, o 16o colocado seria rebaixado.

Trata-se de gesto mínimo de solidariedade que se encontra ao nosso alcance neste momento, mas dotado do mais sincero objetivo de reconstrução desta instituição e de parte do futebol brasileiro que fora perdida hoje.