O Cagliari foi multado nesta terça-feira em US$ 35 mil por conta das provocações racistas de sua torcida ao camaronês Samuel Eto’o, em partida vencida pela Inter de Milão por 1 a 0, no domingo, pelo Campeonato Italiano.

Logo no início do confronto, os torcedores entoavam cânticos preconceituosos quando o camaronês recebia a bola. A partida acabou então suspensa por três minutos e os alto-falantes pediram que os atos racistas se encerrassem. Com a bola rolando novamente, Eto’o fez um bonito gol ainda no primeiro tempo e garantiu a vitória da Inter de Milão.

Esta não a primeira vez que Eto’o tem problemas com torcedores racistas. Em um dos casos mais polêmicos de sua carreira, quando ainda atuava no Barcelona, ele ameaçou deixar o gramado após a torcida do Zaragoza imitar o som de um macaco.