A dupla feminina do bobsled do Brasil terminou em último lugar nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi. Nesta quarta-feira, no segundo dia de disputas, Fabiana Santos e Sally Mayara da Silva foram superadas pela equipe da Coreia do Sul e concluíram a participação em 19º lugar.

Na última terça-feira, as 19 duplas inscritas fizeram duas descidas no Complexo Sanki e Fabiana e Sally terminaram o dia na 18ª colocação. Nesta quarta-feira, porém, elas não conseguiram sustentar a posição e acabaram ficando em último lugar, após concluírem, sem maiores incidentes, as quatro descidas.

A perda do penúltimo lugar se deu logo na terceira tentativa, quando Fabiana e Sally fizeram o pior tempo entre as 19 duplas ao marcarem 1min00s73. O último tempo se repetiu na descida final, quando elas foram ainda mais lentas, com 1min01s20.

Assim, as brasileiras terminaram a disputa com um tempo total de 4min01s95, em 19º e último lugar, atrás das sul-coreanas Kim Sunok e Shin Mihwa, que marcaram 4min00s81. As duas duplas foram as únicas que não conseguiram completam as quatro descidas em menos de 4 minutos.

A disputa do bobsled acabou sendo vencida pela primeira equipe do Canadá, formada por Kaillie Humphries e Heather Moyse. Elas haviam concluído a terça-feira em segundo lugar, mas garantiram a medalha de ouro com um tempo somado de 3min50s61.

Assim, elas foram apenas 0s1 mais rápidas do que as norte-americanas Elana Meyers, Lauryn Williams, medalhistas de prata, com 3min50s71. O pódio foi completado por Jamie Greubel e Aja Evans, dos Estados Unidos, que garantiram o bronze com a marca de 3min51s61.