enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Brasil volta a vencer o México em amistoso de basquete

O Brasil gostou da experiência de vencer o México no basquete masculino. Nesta terça-feira, as duas equipes se enfrentaram pela terceira vez em menos de um mês. E o resultado foi o mesmo das duas ocasiões anteriores: vitória da equipe brasileira, desta vez por apertados 87 a 82, em São Paulo.

O resultado liga o sinal de alerta para a seleção brasileira, que está em reta final de preparação para a Copa América/Pré-Mundial. Nos dois confrontos anteriores o placar foi mais elástico: no Torneio de Salta na Argentina (94 a 68), e depois na abertura do Torneio Super Four de Anápolis (88 a 81), sábado. O México costumava ser saco de pancadas dos brasileiros e agora dá mostra de que o nível dos dois times não é tão diferente.

A equipe que jogou nesta terça, no Clube Paulistano, é praticamente a mesma que vai à Venezuela. Depois de Nenê, Leandrinho, Anderson Varejão, Tiago Splitter, Lucas Bebê e Vitor Faverani agora Marquinhos pediu dispensa da seleção, machucado, ampliando a lista de desfalques. Paulão Prestes e Augusto Lima haviam sido cortados por lesão.

Como Lucas Mariano também foi liberado, o elenco está praticamente fechado com os armadores Larry Taylor, Marcelinho Huertas, Raulzinho, Rafael Luz e Benite, os alas Alex e Arthur, os alas/pivôs Guilherme Giovannoni e Rafael Mineiro e os pivôs Caio Torres, JP Batista, Rafael Hettsheimeir e Cristiano Felício. Dos 13 jogadores, um ainda será cortado.

Taylor, Huertas, Alex, Hettsheimer e Giovannoni estão garantidos na lista. Os cinco foram titulares nesta terça-feira e se saíram bem. Exceção ao ala/pivô, todos fizeram pelo menos 10 pontos. Alex foi o cestinha, com 20.

Dos reservas, quem menos recebeu tempo de quadra foi Raulzinho, que atuou por cinco minutos, fez duas faltas, errou um arremesso, e não convenceu Magnano. Felício não foi relacionado. JP Batista e Benite, porém, saíram bem. O pivô anotou 10 pontos e pegou três rebotes. O ala/armador colaborou com seis pontos.

A seleção ainda disputará a Copa Tuto Marchand, em Porto Rico, entre os dias 22 e 26 de agosto antes do embarque para a Venezuela. A Copa América irá classificar os quatro primeiros colocados para o Mundial da Espanha, em 2014. O Brasil estreia na competição contra Porto Rico no dia 30 de agosto.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas