O Brasil garantiu nesta madrugada sua vaga na fase final do Grand Prix de vôlei feminino ao vencer o Japão por 3 sets a 0 (25-16, 25-21 e 25-15), em partida do grupo I, disputada no Tap Seac Multisport Pavilion, em Macau.

Depois de levar um susto contra a República Dominicana, quando conquistou a vitória no tie-break depois de perder 2 sets a 0, a seleção brasileira não encontrou dificuldades para despachar as japonesas e garantir sua classificação para a fase final do Grand Prix, que será disputada na cidade japonesa de Yokohama.

A grande novidade do Brasil na partida foi a volta da capitã Fofão ao time titular, depois de se recuperar de uma de uma lesão no joelho esquerdo.

A seleção do técnico Zé Roberto Guimarães começou a partida com muita tranqüilidade, e a vitória no primeiro set foi conquistada com fáceis 25 a 16. No segundo set, o Japão, que tem participação confirmada na fase final do Grand Prix por receber a etapa, mostrou mais vontade e conseguiu equilibrar um pouco a partida. Mesmo assim, o Brasil fechou a parcial em 25 a 21 e confirmou seu favoritismo. O terceiro set serviu apenas para confirmar a superioridade da seleção brasileira, que, mesmo administrando a partida, garantiu a vitória com 25 a 15 no placar.

As brasileiras voltam à quadra no domingo (6), quando enfrentam a China, atual campeã olímpica. Assim como Brasil e Japão, as chinesas já garantiram sua vaga na fase final do Grand Prix.

Masculino

Pela Liga Mundial de Vôlei, a seleção brasileira venceu a Sérvia em Belgrado, de virada, por 3 sets a 2 (17/25, 21/25, 25/21, 25/21 e 15/8), sexta à noite, e manteve a invencibilidade na competição, mesmo sem contar com força máxima.