Mesmo sem entrar em quadra, Roger Federer teve o que comemorar nesta terça-feira na rodada do ATP 500 da Basileia, na Suíça. No intervalo de poucas horas, dois dos seus principais rivais na competição, o checo Tomas Berdych e o compatriota Stanislas Wawrinka, foram eliminados logo na primeira rodada.

Atual número sete do mundo, Berdych levou uma inesperada virada do croata Ivo Karlovic. O checo não resistiu aos 23 aces do rival e foi derrotado por 4/6, 7/6 (7/4) e 7/6 (7/2), em 2h21min de partida. Berdych era uma das ameaças ao suíço na Basileia porque seria o eventual rival do tenista da casa nas semifinais – o checo venceu os últimos dois confrontos entre os dois tenistas.

No torneio em seu país, Federer se vê na necessidade de buscar o título para assegurar sua vaga no ATP Finals, que reunirá os oito melhores tenistas da temporada em Londres, no próximo mês. Para tanto, deve somar o máximo de pontos nas competições que lhe restam antes da definição das últimas vagas no Masters 1000 de Paris, na semana que vem.

Um dos rivais do suíço na briga pela vaga é o compatriota Stanislas Wawrinka. O suíço menos badalado vive grande momento no circuito, mas acabou não resistindo ao francês Edouard Roger-Vasselin nesta terça. Como consequência, foi eliminado do torneio de forma precoce pelo placar de 6/4 e 6/3.

Além de ser rival de Federer na briga pelo título na Basileia, Wawrinka está na frente do compatriota no ranking anual. Ele é o sétimo colocado, enquanto Federer ocupa o oitavo posto – neste ano até o nono colocado garante vaga no ATP Finals, porque Andy Murray, terceiro da lista, desistiu por lesão.

Berdych e Wawrinka não foram os únicos favoritos a serem eliminados nesta terça. O italiano Andreas Seppi, sétimo cabeça de chave, foi derrotado pelo alemão Daniel Brands por 7/6 (7/3) e 6/3. O usbeque Denis Istomin, por sua vez, superou o argentino Horacio Zeballos por 7/5 e 7/6(7/3) e se credenciou para o confronto com Federer na segunda rodada.

Ainda nesta terça, o japonês Kei Nishikori bateu o local Marco Chiudinelli (6/2 e 6/4), enquanto o cipriota Marcos Baghdatis eliminou o alemão Benjamin Becker (7/6 (10/8) e 6/1). O croata Ivan Dodig avançou a partir da desistência do argentino Carlos Berlocq no primeiro set. Dodig liderava o placar por 2/0 quando o rival abandonou.