Uma vitória com sabor de alívio. O triunfo por 1×0 sobre o Vasco, na última segunda-feira (31), em Volta Redonda, tirou um peso das costas do Atlético, que vinha sem vencer há nove jogos, entre Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores, e saiu da zona de rebaixamento.

Além disso, foi a primeira vitória do Furacão sob o comando do técnico Fabiano Soares, que comemorou o resultado, mas ainda assim cobrou mais atenção do time.

“Tiramos um caminhão de cima de nós. Já vínhamos merecendo uma vitória. Conseguimos uma vitória importante. Mas eu acho que a gente tem que matar o jogo antes. O treinador nunca está contente. Ganhamos por 1×0, mas saio descontente porque poderíamos ter matado a partida e não matamos”, disse o treinador.

Para ele, o Rubro-Negro acabou pecando na hora das conclusões, demonstrando uma certa ansiedade nas finalizações. Algo que foi corrigido para o segundo tempo, quando a equipe marcou o gol, através do atacante Ribamar.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

“Corrigimos algumas coisas, nos três quartos finais a gente estava se precipitando, falhamos em algumas situações e tentamos dar tranquilidade no intervalo. Conseguimos o gol, mas tínhamos que ter matado, marcado o segundo e terceiro gols”, completou Soares.