Foto: Valquir Aureliano/O Estado

Recuperado de contusão, Jancarlos pode voltar ao time amanhã.

Ainda não deve ser desta vez que o Atlético poupará titulares no Brasileirão. Amanhã, contra o Corinthians, o Furacão deve mais uma vez entrar em campo com força total. Livre do rebaixamento e quase sem chances de classificação para a Libertadores, o objetivo do time da Baixada é garantir uma vaga na Sul-Americana de 2007.

Mesmo com a equipe sentindo o desgaste das longas viagens e da maratona de jogos, o técnico Vadão quer garantir o quanto antes um lugar em uma competição internacional no ano que vem. Dois pontos atrás do Furacão, o Corinthians é um adversário direto nessa briga.

Como ainda falta uma semana para o primeiro duelo com o Pachuca, pelas semifinais da Sul-Americana, o treinador deve deixar para poupar os atletas no jogo contra o Grêmio, domingo, também na Baixada. Mas isso não significa que mudanças contra o Timão estão descartadas. O lateral-direito Jancarlos e o volante Marcelo Silva estão recuperados de contusões e brigam por uma vaga entre os titulares. Quem também está de olho em uma oportunidade é o atacante Dagoberto, que pode aparecer no banco de reservas.

Vadão só deve definir a equipe momentos antes da partida. Mas a tendência é que ele só deixe de fora quem disser que não tem condições para encarar o Corinthians. ?Temos que manter o ritmo nas duas competições. Agora, vamos pensar no Brasileiro. Nesses dois jogos em casa precisamos vencer?, disse o zagueiro João Leonardo.

A expectativa é de mais um bom público na Kyocera Arena. Os ingressos reservados à torcida corintiana já estão esgotados. Para não ficar atrás, o time atleticano convoca a galera rubro-negra para também comparecer em peso.

Meio ingresso só na Baixada

Já está em vigor um novo sistema para a venda de meio ingresso para os jogos do Atlético. Agora, esse tipo de entrada só está sendo vendido nas bilheterias do estádio. Os demais postos não terão mais os bilhetes, exclusivos para menores de 12 anos, idosos e estudantes.

Cada estudante ou idoso só pode comprar um meio ingresso. Para estudantes, a venda só será efetuada com apresentação de carteirinha com data, foto e prazo de validade, juntamente com documento de identidade. O Atlético fará fotocópia de todas as carteiras apresentadas, para verificação da autenticidade.

Para menores de 12 anos, apenas pai ou mãe poderão comprar as entradas. A venda está restrita ao número de filhos que o comprador tiver. O Atlético exige apresentação de documentos do responsável e dos menores. Nos dias dos jogos, será exigida a mesma documentação apresentada no ato da aquisição do ingresso, nas catracas de entrada da Kyocera Arena.

Setores

Outra mudança acontece na fiscalização dos setores. O sistema que já era adotado no setor Getúlio Vargas passa a valer também nas curvas da Buenos Aires e Madre Maria. O ingresso vale na primeira vez que a pessoa entra no setor, sendo que o mesmo é perfurado. Ao sair do setor, cada torcedor recebe um ticket e só pode retornar entregando este ao fiscal.

Segundo o clube, as ações visam limitar a ação dos cambistas e garantir o conforto dos torcedores, evitando a superlotação de alguns setores do estádio.