enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Atlético-MG goleia e está vivo

  • Por Agência Estado

O Atlético-MG goleou o Social, por 5 a 1, ontem, em Coronel Fabriciano, e manteve a vice-liderança e as esperanças de conquistar o título do campeonato mineiro. Os gols foram marcados por Guilherme (3), Cicinho e Alessandro. Didi, de pênalti, descontou para o Social. Com a vitória, o Galo chega a 23 pontos ganhos em dez partidas, três a menos que o líder Cruzeiro. Restando duas rodadas para o fim do estadual, o Atlético precisa de duas vitórias e ainda que o Cruzeiro perca pontos nas duas partidas que lhe restam. O Social, que vem lutando para chegar na quarta posição e conseguir uma das vagas para a Copa do Brasil em 2004, manteve os 13 pontos.

Mesmo jogando fora de casa o Atlético começou a partida pressionando. Porém, quem teve as melhores chances de marcar no início da primeira etapa foi o ataque do Social que, nos contra-ataques, obrigava Velloso a fazer boas defesas e ainda acertou a trave do Galo. Como o Social não conseguiu transformar em gols as boas oportunidades que teve, o Atlético resistiu à pressão, passou a acertar mais os passes depois da metade da etapa inicial e acabou marcando por duas vezes.

O primeiro gol aconteceu aos 36 minutos com o lateral Cicinho que, de fora da área, chutou rasteiro, no canto esquerdo de Denílson, e fez 1 a 0 para o Galo. Logo em seguida, aos 38, Guilherme recebeu passe de Kim e, bem ao seu estilo, só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes e fazer o segundo gol do Atlético.Com o gol, Guilherme chegou aos 122 com a camisa do Galo, entrando na lista dos dez maiores artilheiros da história do clube e igualando a marca do ex-ponta-esquerda do Atlético, Éder Aleixo. No segundo tempo, aproveitando a vantagem no placar, o Atlético diminuiu o ritmo e passou a esperar o Social no seu campo de defesa, para sair nos contra-ataques. O Social cresceu no jogo e chegou ao seu primeiro gol. Depois de uma falha do zagueiro Scheidt, o goleiro Velloso foi obrigado a fazer falta em Washington dentro da área. O árbitro Álvaro de Azevedo Quelhas marcou pênalti. Aos 24, Didi cobrou e diminuiu para o Social. Depois do gol, o Social partiu para tentar o empate, mas abriu espaços para o Atlético marcar mais três vezes seguidas.

Primeiro, aos 27. Guilherme, em jogada individual, fez seu segundo gol no jogo, o terceiro do Galo. Após sofrer o terceiro gol, o Social se perdeu na partida. Aproveitando-se disso, um minuto depois, Alessandro, que tinha acabado de entrar, arrancou pelo meio, passou por seu marcador e tocou na saída do goleiro, fazendo 4 a 1 para o Galo. Para completar a goleada, aos 36 minutos, depois de receber passe de Cicinho, Guilherme fez seu terceiro gol na partida (o 11.º no campeonato, o que o coloca como artilheiro isolado da competição) e fechou o marcador em 5 a 1 para o Atlético sobre o Social que estava invicto no seu estádio.

Demais resultados

Vila Nova 1×0 Ipatinga; Caldense 2×1 Nacional; Guarani 3×3 URT; Rio Branco 4×1 Mamoré.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas