O Atlético encerra hoje à noite sua vida cigana neste início de Campeonato Brasileiro. Contra o São Paulo, a partir das 22h no estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, o Furacão cumpre o último jogo da primeira parte da suspensão dada pelo STJD pela briga de torcedores da última rodada do Brasileirão do ano passado. Depois da Copa do Mundo o time irá mandar os quatro jogos restantes da pena jogando na Arena da Baixada, mas com os portões fechados. Os balanços financeiro e esportivo dessa peregrinação não foram tão positivos como esperado, mas igualmente não foram tão ruins como projetado.

Em quatro jogos longe de Curitiba como mandante o Furacão venceu dois (contra o Grêmio, em Florianópolis, e Coritiba, em Maringá), perdeu um (contra o Cruzeiro, em Brasília) e empatou outro (contra a Chapecoense, em Maringá). Em relação ao dinheiro arrecadado houve lucro em Santa Catarina e Brasília (neste caso substancial, com cerca de R$ 300 mil), e prejuízo nas partidas disputadas em Maringá. Os jogos longe do torcedor causaram também saia justa internamente. O ex-treinador Miguel Ángel Portugal chegou a reclamar da iniciativa abertamente, o que levou a diretoria a acertar os dois últimos jogos no nosso estado.

Desta vez o acordo com a secretaria de esportes de Uberlândia não prevê o pagamento de aluguel. “Não temos o costume de fazer a cobrança de aluguel do estádio em eventos como esse. Fazemos isso para fomentar o esporte e para que Uberlêndia esteja na mídia. Para nós é muito bom”, disse Deisiani de Souza, secretária de Esportes da cidade mineira. “Esperamos pelo menos 20 mil torcedores”, concluiu.

Alheio a essa situação, o técnico Leandro Ávila tem como foco único a vitória. O objetivo é a soma do máximo de pontos possíveis antes da parada para a Copa do Mundo. “Teoricamente vamos jogar em casa e em casa temos que fazer nosso dever. A obrigação maior é nossa”, disse o comandante. Natanael reconhece as dificuldades que o time terá. “A gente tem a meta de alcançar a maior pontuação possível até a parada da Copa. Sabemos que contra o São Paulo será um confronto direto e difícil”, contou. Para este jogo Dráusio entra no lugar de Cleberson, que cumpre suspensão.