Depois de cair na primeira fase da Taça Barcímio Sicupira, o Londrina entra em campo no próximo domingo (31), para enfrentar o Athletico, no Estádio do Café, dependendo apenas das próprias forças para garantir uma vaga na semifinal da Taça Dirceu Krüger. Um empate pode ser o suficiente para o Tubarão, que quer a vitória para evitar surpresas.

+ Leia também: Petraglia é acusado de agenciar jogadores e dispara contra jornalista

Em segundo lugar no Grupo A, com oito pontos, o Alviceleste tem apenas um a mais que o Operário, terceiro colocado. Nesta segunda fase, o time conquistou duas vitórias e dois empates. Uma campanha bem diferente da primeira metade, quando somou os mesmos oito pontos, mas com seis jogos.

“Estamos fazendo uma boa campanha no segundo turno, mas nada disso vai valer se não vencermos o Athletico no domingo. O time deles vem numa crescente muito forte e sem dúvidas será mais uma pedreira no caminho. Mas precisamos fazer valer a força da nossa torcida para alcançar essa vaga na semifinal que é o nosso objetivo”, disse o atacante Luidy, que, assim como a equipe, também vai evoluindo.

+ Mais na Tribuna: Furacão cumpre tabela no Paranaense já de olho na Libertadores

Contratado pelo Tubarão no início do Campeonato Paranaense, o jogador já fez oito partidas na temporada, mas não marcou nenhum gol. Foi titular em cinco oportunidades e jogou os quatro duelos na Taça Dirceu Krüger. Agora, espera desencantar sendo decisivo nesta ‘final’ contra o Furacão.

+ Confira a classificação completa e a tabela de jogos da Taça Dirceu Krüger

“Tenho tentado contribuir da melhor forma com os meus companheiros, seja saindo jogando ou entrando no decorrer das partidas. A comissão técnica me dá total confiança para entrar e dar o meu máximo. Todo jogador sonha com uma boa sequência e estou lutando pelo meu espaço aqui no Londrina”, afirmou Luidy.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!