Adversários na Supercopa do Brasil, Flamengo e Athletico possuem valores de elencos completamente distintos. Enquanto o rubro-negro carioca vai para a decisão em Brasília com o plantel mais valorizado do Brasil, o Furacão mantém a aposta em atletas de baixo custo.

O jogo que reunirá os campões do Brasileirão e da Copa do Brasil será neste domingo (16), às 11h, no Mané Garrincha.

Segundo o Transfermarkt, site alemão especializado em valores de mercado, o elenco do Flamengo vale 144,2 milhões de euros. Já o Athletico tem um valor cinco vezes menor: 25,75 milhões de euros.

Para ser ter uma ideia, apenas o atacante Gabriel Barbosa vale quase o elenco inteiro do Furacão. Rei da América na última temporada, Gabigol tem valor atual de 23 milhões de euros. Em janeiro, o Flamengo comprou o atleta de 23 anos da Inter de Milão por 17 milhões de euros – maior contratação da história do futebol brasileiro.

O segundo flamenguista mais bem avaliado é o uruguaio Arrascaeta: 19 milhões de euros.

Já se colocarmos os prováveis times titulares frente a frente, a diferença do clube carioca é ainda maior. 93 milhões de euros contra 12 milhões de euros – valor sete vezes maior.

Carlos Eduardo é o atleta mais valioso do Athletico. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná.

O atleta mais valioso do Athletico é o atacante Carlos Eduardo, cotado em 3,5 milhões de euros. O Furacão contratou o jogador do Palmeiras por empréstimo com cláusula de compra obrigatória. Ao todo, o time paranaense pagará R$ 4,9 milhões por 20% dos direitos do atacante de 23 anos.

O que chama a atenção é o baixo valor estipulado para Rony, avaliado em 3 milhões de euros. O atacante recebeu uma proposta do Palmeiras no valor de 6 milhões de euros, mas a oferta foi rejeitada pelo Athletico, que busca a renovação com o atleta. Rony já aceitou o novo contrato no Rubro-Negro, mas o acordo ainda não foi formalizado oficialmente.

+ Mais do Furacão:

+ Bruno Guimarães é apresentado no Lyon e vestirá camisa com número simbólico
+ Athletico mira a contratação do goleiro Jandrei, ex-Chapecoense
+ Athletico não renova contrato com patrocínio máster